Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
feira_3.JPG
(Foto: Divulgação)
publicidade
publicidade

EVENTO

Feira de Agronegócios da Nilton Lins contará com produtos regionais

Durante o evento também ocorrerá  “1ª. Workshop de Agronegócio”, com o objetivo de promover e desenvolver o setor de agronegócio. Serão mais de 40 produtores rurais expondo dezenas de itens


29/08/2017 às 07:54

A Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), em uma iniciativa inédita,  participará da “1ª. Feira de Agronegócios” promovida pela Universidade Nilton Lins no dia 31 de agosto a 3 de setembro, com a exposição de produtos regionais e ações do Balcão de Agronegócios da agência.

Segundo Lissandro Breval, presidente da ADS, serão mais de 40 produtores rurais expondo dezenas de itens. “Teremos para comercialização hortifrútis, laticínios, peixes, ovos, farinha, plantas ornamentais e outros produtos. Também estarão presentes os produtores que comercializam alimentos, como  nas feiras, com sucos e pasteis artesanais”, explica.

O Balcão de Agronegócios, iniciativa da ADS, para  escoar a produção local, também, estará presente no evento, informando agricultores e empresários interessados nos produtos produzidos no estado sobre as possibilidades de negócios e como encontrar fornecedores e compradores para as mercadorias.

publicidade

Durante o evento também ocorrerá  “1ª. Workshop de Agronegócio”, com o objetivo de promover e desenvolver o setor de agronegócio, buscando o aumento da produtividade, mediante a utilização de tecnologias sustentáveis. “É uma excelente iniciativa. Aumentar a capacidade produtiva  do estado, implementando novas tecnologias e qualificando nossos produtos é uma forma de acelerar o desenvolvimento e gerar emprego e renda no meio rural, que tem crescido consideravelmente no último ano”, destaca Lissandro.

A ADS, órgão vinculado a órgão vinculado a Secretaria de Produção Rural (Sepror), realiza o papel de agente catalizador das negociações entre os agricultores familiares, produtores rurais, pescadores, extrativistas e suas organizações (associações e cooperativas), empresários do setor primário (agroindústrias, etc.), e os mercados consumidores privados e governamentais, viabilizando assim a interação comercial entre o setor produtivo rural e o mercado consumidor.

*Com informações de assessoria de imprensa

publicidade
publicidade
Etanol deve alcançar recorde de produção com 33,58 bilhões de litros
Produção de bicicletas em Manaus tem melhor trimestre desde 2015
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.