Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019
Notícias

Feirão com produtos regionais continua nesta quinta-feira

As atividades previlegiam produtores locais. A secretaria inaugurou, na semana passada, mais uma unidade da feira, localizada na Zona Leste, no Instituto Federal de Ciência, Educação e tecnologia do Amazonas (IFAM)



1.jpg Nas bancas de produtos não regionais serão oferecidos: tomate, batata, cebola, pimentão, repolho, cenoura, beterraba, abacate, melão e manga pelo preço único de R$ 3,49.
02/05/2013 às 13:12

A programação no Feirão realizado pela Secretaria de Produção Rural do Amazonas (Sepror), continua nesta quinta-feira (2). O evento acontece no Parque da Expoagro, Zona Norte de Manaus, com programação cultural que inclui show com músicos locais e exposição fotográfica, além de promoções de diversos produtos.

Entre os produtos em promoção estão: o queijo oferecido pelos pecuaristas de Autazes que pode ser adquirido por R$ 14 o quilo. Um dos vilões da cesta básica, o tomate, também estará a preço mais em conta sendo vendido a partir de R$ 3,49 o quilo. Além do maracujá, com o quilo sendo comercializado a partir de R$ 2.  

Nas bancas de produtos não regionais serão oferecidos: tomate, batata, cebola, pimentão, repolho, cenoura, beterraba, abacate, melão e manga pelo preço único de R$ 3,49.

Fonte de renda

O Feirão da Sepror oferece oportunidade de renda direta a 345 famílias de agricultores e, indiretamente mais de 500 famílias são beneficiadas pelo envio de produtos através das cooperativas de produtores da agricultura familiar de 14 municípios do Estado, entre eles: Manaus, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Itacoatiara, Iranduba, Careiro Castanho, Careiro da Várzea, Apuí, Codajás, Anori, Tapauá, Manacapuru, Maués e Novo Airão.

Produtores rurais

A Sepror oferece o primeiro feirão entre os espaços de venda comandados diretamente por quem produz. Normalmente as feiras de Manaus são compostas por revendedores dos produtos da agricultura familiar.

“Nosso espaço é genuinamente do agricultor familiar. É ele quem produz, é ele que vende seus produtos e é ele quem se beneficia diretamente de seu trabalho. Essa é a principal proposta do Governo do Estado, eliminar os aproveitadores e oferecer oportunidade real de renda a quem produz”, disse o secretário de produção rural do Amazonas Eron Bezerra.

De acordo com relatório do feirão, o público consumidor passa de 50 mil pessoas por fim de semana, representando uma comercialização de aproximadamente 1.200 toneladas de produtos por mês.

Somente em 2012 a arrecadação total do feirão da Sepror foi de R$ 12.878.918,00, o que representa uma média de R$ 1 milhão e 100 mil ao mês nas vendas dos agricultores. Desde que foi criado há quatro anos, o feirão já arrecadou R$ 20.368.692,22.

*Com informações da assessoria de imprensa da Sepror

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.