Publicidade
Cotidiano
Notícias

Fieam apresenta potencial produtivo da Amazônia do setor primário à indústria

Mesmo em ano de crise em que as empresas apresentaram portfólio mais tímido, a Feira Internacional da Amazônia trouxe a chance de celebrar parcerias e movimentar a economia do Estado 21/11/2015 às 17:38
Show 1
O Grupo Coca-Cola apresentou no estande da Fiam o ‘Dell Valle Reserva Açaí + banana’, o primeiro suco de fruta amazônico comercializado em larga nacional
Cinthia Guimarães ---

Os olhos do mundo estão voltados para a Amazônia. A região com a maior biodiversidade do país atrai curiosos pelo seu exotismo, mas também pelas oportunidades de negócios.

A VIII Feira Internacional da Amazônia (Fiam), que encerrou ontem, veio com este propósito: apresentar as condições para produzir na zona industrial com vantagens fiscais atrativas e ser uma vitrine de matéria-prima e produtos exclusivos da região, a exemplo das áreas farmacêutica, agrícola ou mineral.

Mesmo em ano de crise em que as empresas apresentaram um portfólio mais tímido, a Fiam trouxe a chance de celebrar parcerias e movimentar a economia do estado do Amazonas. Um destes exemplos foi a empresa Complevida, especializada na produção de complementos alimentares à base de fibras e sementes regionais, que em breve passará a exportar seus produtos para Angola, na África.

A feira contou com a participação de grandes marcas do PIM, tais como Honda, Coca-Cola, Yamaha, Kawasaki, BMW, Harley Davidson, Positivo, Samsung e LG, além de representantes de países como Venezuela, Peru, Chile, Colômbia, Cuba, Paraguai e Polônia.

Promoção das startups

Na onda das startups, o evento trouxe espaço para novos empreendedores que vem desenvolvendo ideias nas áreas de serviços, tecnologia da informação, alimentos, entre outros.

O secretário de Estado de Planejamento, Thomaz Nogueira, e o vice-presidente da Softex, Fabian Petrait assinaram, durante a Fiam, uma acordo para a promoção de empresas emergentes na área de pesquisa, desenvolvimento e tecnologia inovadoras (startups).

O memorando de entendimento assinado com a Softex, que gerencia o programa de startups do Ministério da Ciência e Tecnologia, define a realização de ações estratégicas para a promoção comercial, inteligência de mercado, promoção do empreendedorismo inovativo, economia criativa e apoio à inovação.

A expectativa é fomentar o desenvolvimento socioeconômico do Estado por meio da inclusão e da participação comunitária.

Rodada de negócios

Ao todo participaram da Rodada nesta edição aproximadamente 80 empresas amazônicas na condição de ofertantes e 22 empresas de grande porte na condição de compradoras, oriundas de outros Estados brasileiros e países da América do Norte, Europa, América Latina e África. A Fiam recebeu comitivas técnicas de países como Venezuela, Colômbia, Peru, Polônia e Paraguai, com expectativas de investimentos de curto e médio prazo superiores a US$ 20 bilhões.

Bebidas

Coca-Cola leva o açaí da Amazônia para o mundo

O Grupo Coca-Cola apresentou no estande da Fiam o ‘Dell Valle Reserva Açaí + banana’, o primeiro suco de fruta amazônico comercializado em larga nacional. A empresa também realizou estudos com frutas regionais como cupuaçu, muru-muru, camu-camu, mas por enquanto a ideia é maturar o Açaí Reserva antes de chegar a lançar novos sabores. A matéria-prima vem daqui, comprada em comunidades ribeirinhas do médio Juruá, em Carauari.

O beneficiamento do fruto é feito em uma agroindústria local. De lá, o açaí segue para a Recofarma que sofre transformação em polpa para virar o suco. “Em diversos pontos da cadeia produtiva podemos dizer que o Amazonas é um estado privilegiado.

A opção de colocar a banana é pra fazer a redução de açúcar. Ao invés de coloca mais açúcar, nós adicionamos a banana para recompor. Toda fruta quando vira polpa para o suco perde açúcar.

A mesma coisa estamos fazendo com os demais sucos da família Del Valle, nós reduzimos o açúcar e acrescentamos suco de maçã, que faz a mesma função de adoçante”, explicou o gerente de Valor Compartilhado da Coca-Cola Brasil, Luiz André Soares.

A Recofarma Indústria do Amazonas é uma empresa do Grupo Coca-Cola que produz concentrados de bebidas não-alcóolicas (refrigerantes e sucos da marca), em Manaus, desde 1990. As frutas vem de estados do Sul (uva e maçã), Sudeste (manga, maracujá e laranja) e Nordeste ( cajú e abacaxi). 

Duas Rodas

Audax Bikes lança portfólio de bicicletas premium

Instalada em Manaus há um ano, a Audax Bike estreou na vitrine da Fiam em busca de novos parceiros comerciais. O nome deriva da palavra “audácia” que está no DNA da marca pertencente ao Grupo Claudino, do Piauí, que investiu R$ 80 milhões na fábrica local.

Seu portfólio é composto por 25 modelos de bicicletas de alta performance, com design moderno, feitas com fibra de carbono e alumínio temperado. São bikes diferenciadas voltadas para os apaixonados por ciclismo, seja para uso esportivo, off-road ou de mobilidade urbana nas grandes cidades, explicou o consultor de vendas Michael Davi de Moraes.

Entre os modelos da linha ‘mobility’, se destacam a Ventus1000, a ADX100 e a ADX101. Das ‘mountain bikes’ são destaque os modelos FS900, Auge 40 Carbon, Auge 50Carbon e a ADX 400. Na linha road a Audax apresenta a Ventus3000 e a Ventus2000.

“São bicicletas que vão desde o iniciante até modelos que não deixam nada a desejar para a um atleta de competição. Fizemos todo um trabalho de unir o visual com o funcional”, explicou o gerente industrial da Audax em Manaus, Leonardo Britto. Os produtos são comercializados em mais de 80 bike shops e lojas especializadas do Brasil, custando a partir de R$ 2.899 mil, sendo o modelo mais caro em torno de R$ 45 mil. Em Manaus, a representante da Audax é a Office Bike, na Compensa. “Estamos desenvolvendo uma linha de entrada que terá um preço mais acessível, a partir de janeiro”, completou.

Eletroeletrônicos

Samsung da Amazônia apresenta novidades tecnológicas

Presença garantida na Fiam, a Samsung Eletronics da Amazônia apresentou um portfólio com principais os produtos fabricados em Manaus, como os smartphones Galaxy Note 5, o Galaxy S6 Edgde e SmartTVs com tecnologia de ponta.

Feito de vidro com metal, o Samsung Galaxy S6 tem tela Sper Amoled QuadHD de 5.1", câmera e recursos imperdíveis, como carregamento sem fio e desempenho rápido. Mas a marca coreana já prepara o lançamento global do Galaxy S7 e S7 Edge para fevereiro de 2016.

Outro produto ‘made in Zona Franca’ apresentado no estante foi a Smart TV Samsung SUHD, de tela curvada e display de nano cristal. Esta nova tecnologia de telas traz cores brilhantes mais e contraste profundo, promete operar com Bluetooth e emparelhar com até cinco dispositivos (Samsung) simultaneamente.

A tecnologia ‘Precision Black Pro’ também destaca a TV, uma vez que melhora o contraste, otimizando a emissão de luz, fazendo com que tudo o que vê fique mais vívido e dramático. Mesmo ao assistir a conteúdos com resolução inferior a UHD, sua qualidade de imagem é aprimorada para um nível próximo a UHD (4K), o que há de mais sofisticado no momento. Mesmo com os percalços da economia brasileira, a empresa coreana continua líder de mercado no segmento de TVs e smartphones.

Empreendedorismo na feira

Demo Day incentiva ambiente de inovação no AmazonasA organização da Fiam deu atenção especial ao empreendedorismo. Um dos eventos que se destacou, dentro dessa abordagem, foi o 1º Demo Day - Dia de Demonstração - da Região Norte.

Criado pelo Governo do Estado, via Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado (Fapeam) e Secretaria de Estado de Planejamento, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Seplan-CTI), o evento contemplou a interação de startups (empresas nascentes) de alto impacto com investidores em potencial.

Os 60 empreendedores inscritos participaram de um dia de ciclo de palestras (na quinta-feira, 19), onde puderam ter acesso à informações e mentoria de profissionais experientes para a melhor formatação de seus negócios.

O segundo dia (sexta-feira, 20) foi direcionado para as startups em nível mais avançado que receberam orientações específicas e tiveram reuniões com investidores. “Entre os participantes do Demo Day estão os integrantes de cinco projetos que foram vencedores do “Coca-Cola Boat Chalenge”, projeto inovador desenvolvido desde junho deste para incubar startups com ideias para transformar Manaus.

O evento marcou a primeira vez em que eles apresentaram suas propostas agora mais amadurecidas”, conta Juliana Telles, da comunidade Global Shapers Manaus, uma das organizadoras do projeto com a Coca-Cola. 

Publicidade
Publicidade