Sexta-feira, 26 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
Fiéis confeccionam tapetes de sal no centro do Rio de Janeiro neste feriado de Corpus Christi
publicidade
publicidade

Notícias

Fiéis preparam tradicional tapete de sal no centro do Rio de Janeiro

Centenas de pessoas participam desde as 8h30 desta quinta-feira - feriado de Corpus Christi da confecção dos tradicionais tapetes de sal em frente à Catedral São Sebastião, no centro do Rio


Uol
07/06/2012 às 11:13

Centenas de pessoas participam desde as 8h30 desta quinta-feira - feriado de Corpus Christi da confecção dos tradicionais tapetes de sal em frente à Catedral São Sebastião, no centro do Rio.

Começando em frente à catedral até a altura da rua Senador Dantas (cerca de 200 metros), os tapetes retratarão temas eucarísticos e religiosos, segundo a Arquidiocese de São Sebastião, que organiza o evento.

Paróquias, capelas, movimentos, comunidades, institutos, colégios e congregações religiosas da arquidiocese foram convidadas a participar da produção do tapete, que receberá à tarde a procissão que partirá da Candelária às 15h, conduzida pelo arcebispo do Rio, dom Orani João Tempesta.

Tapete 

publicidade

A história da origem dos inicialmente chamados de Tapetes Florais, já que o adorno era principalmente feito de flores, surgiu da experiência mística de Santa Juliana de Mont Cornillon, na Bélgica, informa o site da Arquidiocese.

A então freira Juliana, a quem Jesus havia revelado a necessidade de que as pessoas reconhecessem sua presença real na eucaristia, fez um pedido para o bispo de Liége, dom Roberto de Thorete, para que fosse instituída a festa de Corpus Christi na diocese. Concedida a autorização, em 1246, a freira passou a ornar as ruas por onde a procissão conduzindo o Santíssimo Sacramento passaria, a partir de 1247. Essa tradição se espalhou por toda a Europa.

A festa chegou ao Brasil por meio dos colonizadores. A primeira cidade brasileira a preparar tapetes foi Ouro Preto, que passou a usar também serragem. São usados também na elaboração dos tapetes: sal, borra de café, areia e tampas de garrafas.

 

 

publicidade
publicidade
Prefeitura do Rio de Janeiro inicia demolição de prédios na Muzema
Sobe para 24 total de mortos na tragédia na Muzema, no Rio de Janeiro
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.