Publicidade
Cotidiano
Notícias

Fim do voto secreto está na agenda da ALE-AM

PEC será votada até o dia 11, de acordo com prazo dado nesta quinta-feira (4) pelo deputado Belarmino Lins 04/07/2013 às 22:04
Show 1
Deputado Belarmino Lins (PMDB) defende que ALE-AM tome posição definitiva e favorável ao fim do sigilo do voto
André Alves Manaus (AM)

O vice-presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas (ALE-AM, deputado Belarmino Lins (PMDB), informou, ontem, que a Casa vota, antes do recesso parlamentar,que começa no dia 12, a Proposta de Emenda Constitucional que derruba o voto secreto nas votações em plenário.

Segundo ‘Belão’, a PEC proposta por ele vai estabelecer “o consenso necessário” para a aprovação da matéria. “As vozes das ruas proclamam por mudanças, por mais transparência, por uma atuação mais responsável permanente de todos nós políticos”, comentou.

A emenda deve aproveitar itens da minuta aprovada na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, na quarta-feira, com o mesmo propósito, e o modelo da PEC que tramita na Câmara dos Deputados e que também pede o fim do voto secreto. “Sugerimos uma emenda coletiva à Constituição do Estado em que o Poder Legislativo seja o autor e nós, parlamentares, coadjuvantes. Graças a Deus, a emenda foi acolhida pelos colegas”, afirmou Belarmino Lins, que garantiu o encaminhamento da proposta ao plenário na semana que vem.

Desde 2011, uma Proposta de Emenda Constitucional para o fim do voto secreto, apresentada pelo deputado Marcelo Ramos (PSB), tramitava na Assembleia, mas nunca foi à votação por falta de consenso na Casa. Ontem, em plenário, os parlamentares discutiram o assunto e disseram que o momento é adequado para que o Poder Legislativo do Amazonas dê respostas à sociedade.

“Não podemos pagar o preço da omissão. Precisamos ter uma atitude pró-ativa, firme, que demonstre a sensibilidade da Assembleia para ouvir as demandas que vem das ruas não só nas passeatas”, disse Marcelo Ramos. “Quem tem rede social que abra para ver o que as pessoas estão pedindo no Facebook, no Twitter. Ande na rua para ver o que as pessoas estão pedindo. As pessoas estão pedindo providências imediatas desta Casa em relação a alguns assuntos. Um dos assuntos é o voto secreto”, disse o parlamentar.

Em nota, o presidente da Assembleia, deputado Josué Neto (PSD), confirmou que a proposta será votada na semana que vem. “A decisão foi tomada de forma democrática, ouvindo as opiniões de cada parlamentar. É importante destacar que o projeto não foi colocado em pauta antes porque tinha que ser tomado (sic) de forma política, respeitando a opinião de cada um”, disse Josué. “A Casa anda conforme os anseios da sociedade e nunca virou as costas para a vontade popular”.

Publicidade
Publicidade