Orientação

Fiscalização vistoria cafés regionais e balneários de Rio Preto da Eva

Ao todo, nove estabelecimentos foram visitados pela Central Integrada de Fiscalização (CIF) neste domingo (4). Não houve fechamentos, nem autuações, apenas orientações para adequação por parte dos empresários

Portal A Crítica
04/04/2021 às 21:08.
Atualizado em 22/03/2022 às 15:23

(Foto: Divulgação SSP-AM)

Nove cafés regionais e balneários de Rio Preto da Eva (a 57 quilômetros de Manaus) foram visitados por fiscais da Central Integrada de Fiscalização (CIF), na manhã deste domingo (4), para verificar o cumprimento das medidas de prevenção à Covid-19. Não houve fechamentos, nem autuações, apenas orientações para adequação por parte dos empresários.

É o segundo final de semana seguido que a CIF vistoria cafés regionais em municípios da Região Metropolitana. No domingo passado (28), o trabalho foi realizado em Iranduba, após meses de ações educativas em estabelecimentos da capital.

O roteiro de vistorias em Rio Preto da Eva foi determinado com base e levantamento de informações pelas equipes de fiscais dos órgãos que compõem a CIF. Dois estabelecimentos previstos no roteiro estavam fechados. Foram visitados cinco cafés regionais e quatro balneários.

Foto: Divulgação/SSP-AM

Foram vistoriados os estabelecimentos Café Regional Andrea; Café do Manel; Bar e Restaurante Bom Paladar; Bar, Restaurante e Distribuidora L L V; Bar e Restaurante Crocodilos; Café Regional da Priscila; e Café do Ary. Os locais estavam funcionando em conformidade ao decreto governamental e foram apenas orientados a continuar seguindo os protocolos de prevenção e segurança sanitária.

Na sequência, os fiscais visitaram os balneários. O roteiro incluiu os balneários Gonzagão, Paraíso do Manu, Mota e Três Irmãos. Os espaços estavam praticamente sem público e foram orientados sobre as medidas de prevenção contra a Covid-19, como espaçamento entre as mesas e utilização de equipamentos de proteção por funcionários. Não foram encontradas irregularidades.

Coordenada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), a CIF é composta por órgãos municipais e estaduais. Participaram da ação em Rio Preto da Eva, equipes da Polícia Militar, Polícia Civil, Corpo de Bombeiros Militar, Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) e Instituto Estadual de Defesa do Consumidor (Procon-AM).

Denúncias sobre irregularidades no cumprimento do decreto governamental devem ser feitas ao 190 ou ao site da SSP.

Assuntos
Compartilhar
Sobre o Portal A Crítica
No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.
© Copyright 2022Portal A Crítica.Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por
Distribuído por