Publicidade
Cotidiano
Notícias

Fora do palco principal do Boi Manaus 2013, Marujada e Batucada protestam contra Manauscult

Novo formato do evento frustrou os itens dos bumbás, atrações antigas do Boi Manaus, que pedem reavaliação por parte da Prefeitura 03/09/2013 às 23:45
Show 1
Boi Manaus é comemorado sempre na semana do aniversário de Manaus, no fim de outubro, mas sofreu mudanças na edição deste ano
Vinicius Leal Manaus (AM)

Após o anúncio de um novo formato para o Boi Manaus 2013 nesta terça-feira (3) – com redução no número das atrações, shows nos bairros da capital e pagamento de cachês aos artistas –, a Marujada de Guerra do Caprichoso e a Batucada do Garantido protestam contra a Prefeitura de Manaus por terem sido excluídos do palco principal do evento, o Centro de Convenções (Sambódromo).

O Boi Manaus é uma festa que acontece anualmente em comemoração ao aniversário da cidade, no 24 de outubro, e é organizada pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult). O anúncio do novo formato do evento ocorreu após reunião com os artistas nesta segunda (2). Líderes da Marujada e da Batucada manifestaram-se contra a decisão da Prefeitura em colocar os dois itens de percussão em horários “alternativos” no evento e de fora da festa principal.

“Na hora de reunião nos posicionamos contra. A Marujada não é um item como cantor, é um item coletivo e um dos mais esperados. Somos a legítima representação do ritmo do boi-bumbá. Queremos ser incluídos na festa”, declarou o coordenador da Marujada em Manaus, Rogério de Jesus, o “Roca”, que representará um ofício na Manauscult solicitando mudanças no formato do evento.

Já Clemilton Pinto, coordenador da Batucada em Manaus , afirma que eles são “o orgulho do torcedor". “Primeiro é o Garantido, segundo é a Batucada. Fazemos um grande trabalho sem fins lucrativos e não precisamos de esmola. Foi uma decisão prematura e esperamos reverter isso. Acreditamos no bom senso da Prefeitura”, disse. “Caso não sejamos atendidos, nós vamos nos unir com a Marujada para protestar”, acrescenta.

Apresentações

Conforme nota da Manauscult, a programação é composta por artistas e itens oficiais dos bois em apresentações nos bairros e no Centro de Convenções, palco oficial do evento. Serão 38 artistas no total, sendo 20 com shows no Sambódromo e 18 nas demais zonas da cidade. A venda dos tururis, camisas oficiais do evento, acontecerá em diversos pontos não definidos.

A Manauscult definiu cachês a serem pagos às atrações divididas em quatro níveis, levando em conta a “representatividade” e “antiguidade” dos mesmos. Os shows no Sambódromo serão divididos em dois níveis. Os artistas do nível 1 receberão R$ 15 mil e dois mil tururis; de nível 2, R$ 10 mil e 1 mil tururis. As apresentações nos bairros incluem ainda os níveis 3 e 4, com valor de R$ 10 mil e R$ 5 mil, com direito à banda base, respectivamente.

Tanto a Marujada quanto a Batucada não se apresentarão no Sambódromo. Segundo os coordenadores dos grupos, o horário definido pela Manauscult foi às 15h para a Marujada no bairro Ponta Negra, Zona Oeste, e 15h para a Batucada no palco localizado no bairro São José, Zona Leste. Nenhum dos dois poderão vender tururis.

“Por antiguidade, somos mais antigos que muitos cantores que nem se apresentam em Parintins”, defendeu Rogério de Jesus. A opinião é partilhada por Clemilton, do Garantido. Os grupos Batucada e Marujada se apresentam no Boi Manaus desde 2005, com 180 integrantes e 140 ritmistas, respectivamente. Segundo Clemilton e Rogério, a Marujada e Batucada estão entre os recordes de venda dos tururis.

A Manauscult anunciou que em 2014 a população decidirá quais artistas e apresentações irão fazer parte do Boi Manaus. A escolha será feita via internet em formato ainda a ser elaborado pela Prefeitura. A votação ainda inclui os melhores shows e os próximos bairros a receber apresentações dos artistas.

Bairros

Os nove bairros contemplados com apresentações no Boi Manaus 2013 são Cidade Nova e Nova Cidade, na Zona Norte; São José e Jorge Teixeira, na Zona Leste; Compensa e Alvorada, na Zona Centro-Oeste; Ponta Negra, na zona Oeste; e Educandos e mais um bairro a ser escolhido na Zona Sul.

Publicidade
Publicidade