Publicidade
Cotidiano
SEGURANÇA

Forças Armadas são autorizadas a atuarem durante as eleições no Amazonas

Comando foi criado para entrar em atividade no Amazonas, Acre e Roraima. Mais de 5 mil militares têm sido deslocados para os 992 locais de votação 03/10/2018 às 16:41 - Atualizado em 03/10/2018 às 16:50
Show fa 965578d0 fd81 4514 b052 a63225ca8a1f
Foto: Arquivo/AC
acritica.com Manaus (AM)

As Forças Armadas foram autorizadas a atuarem nas eleições neste domingo (7). A requisição foi feita pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Mais de 5 mil militares vem sendo empregados para atender as demandas no Acre, Roraima e Amazonas.

Para a execução do plano, foi criado o Comando Conjunto Amazônia, que envolve a Marinha do Brasil, Exército Brasileiro e a Força Aérea Brasileira. De acordo com o Comando Militar da Amazônia (CMA), desde o dia 29 de setembro os militares têm sido deslocados para os 992 locais de votação.

Ao todo, 5.508 militares, 331 viaturas, 14 aeronaves e 112 embarcações darão suporte durante o pleito. O CMA afirma que a atividade não vai impactar em outras operações militares.

Publicidade
Publicidade