Publicidade
Cotidiano
Notícias

Funcionários de concessionária de energia elétrica ajudarão no combate ao Aedes aegypti

Convocação foi feita pelo Ministério de Minas e Energia no ultimo dia 29. No Amazonas, a concessionária responsável pelo setor de distribuição de energia elétrica é a Eletrobras Distribuição Amazonas, que contará com capacitação para seus agentes 03/02/2016 às 11:25
Show 1
Funcionários da Eletrobras Amazonas Energia irão ajudar a fiscalizar focos de Aedes aegypti por Manaus
SILANE SOUZA Manaus (AM)

O Ministério de Minas e Energia convocou, no ultimo dia 29, as concessionárias de energia elétrica do País para ajudar no combate ao  Aedes aegypti. Até esta terça-feira (2), foram registrados 25 casos confirmados de Zika Vírus em Manaus, sendo sete em gestantes. Os casos de dengue confirmados chegam a 135, só este ano, em todo o Estado, e os de febre Chikungunya cinco, porém nenhum foi confirmado ainda, segundo a Fundação de Vigilância em Saúde (FVS).

De acordo com o ministro de Minas e Energia, Eduardo Braga, os agentes que fazem mensalmente a leitura do consumo de energia das residências brasileiras serão capacitados para repassar informações de locais suspeitos de conter criadouros do mosquito. Os dados coletados pelos “leituristas”, como são conhecidos esses funcionários, serão enviados em tempo real para a central operacional da cada distribuidora de energia do País.

A partir desse ponto, conforme ele, a empresa repassa essa informação para a unidade local da Defesa Civil, possibilitando uma ação mais rápida no combate ao mosquito. “Entendemos que tanto o setor elétrico quanto o setor de energia em geral têm uma grande capilaridade e uma grande contribuição a dar nesse combate ao Aedes aegypti”, destacou Braga.

O Ministério de Minas e Energia estima que existam aproximadamente 40 mil leituristas em todo o Brasil, que visitam mensalmente entre 60 a 70 milhões de residências e comércios.

A Eletrobras Distribuição Amazonas informou que, assim como todas as associadas da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), está mobilizada no esforço nacional de combate ao Aedes aegypti. Destacou que seus leituristas estão mobilizados e a concessionária está reunindo com os seus fornecedores para a melhor aplicação do plano de combate ao mosquito.

Ao todo, a Eletrobras conta com 136 leituristas em Manaus, sendo 100 pedestres e 36 motociclistas. A concessionária informou ainda que no interior, as ações de combate aos Aedes aegypti serão feitas por meio de prestadoras de serviço que também estão mobilizadas.

Além disso, a Eletrobras Distribuição Amazonas está fazendo o compartilhamento da campanha do Ministério da Saúde na página da Distribuidora no Facebook e grupos de trabalho no aplicativo Whatsapp. Notícias e informativos sobre as ações do Ministério da Saúde também estão sendo divulgadas no site da empresa (www.eletrobrasamazonas.com) assim como a sensibilização interna dos colaboradores por meio de informativos diários.

Outra ação é a inspeção para evitar focos do mosquito nas instalações da empresa como sedes administrativas, almoxarifados, subestações e postos de atendimento.   

Publicidade
Publicidade