Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Notícias

Fundação Francisca Mendes vai ampliar número de cirurgias pediátricas em novembro

De acordo com o secretário de Estado de Saúde em exercício, José Duarte dos Santos Filho, a partir de novembro, o número dessas cirurgias será ampliado para cinco por semana



1.jpg Fundação do Coração Francisca Mendes, está fechando o mês de outubro com a marca de 18 procedimentos realizados
28/10/2014 às 17:45

O programa de cirurgias de alta complexidade realizadas pelo método convencional (peito aberto), implantado em setembro pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam) na Fundação do Coração Francisca Mendes, está fechando o mês de outubro com a marca de 18 procedimentos realizados, para corrigir cardiopatias congênitas em crianças de 1 a 12 anos de idade.  De acordo com o secretário de Estado de Saúde em exercício, José Duarte dos Santos Filho, a partir de novembro, o número dessas cirurgias será ampliado para cinco por semana. “Nossa expectativa é que, até a primeira quinzena de janeiro de 2015, 64 procedimentos cirúrgicos desse tipo já tenham sido realizados pela instituição”, destacou Duarte.

 O diretor-presidente da Fundação do Coração Francisca Mendes, Pedro Elias de Souza, fez uma avaliação positiva do Serviço Assistencial de Cirurgias Cardiopediátricas de Alta Complexidade, neste primeiro mês de atividades. “Já começamos a operar crianças de baixo peso, condição em que se encontram em decorrência da doença. Em alguns casos, estamos operando precocemente, antes que o problema seja considerado de maior gravidade. Agora em novembro, devemos elaborar a programação de 2015, com um número bem superior de cirurgias”, destacou.

Pedro Elias lembra, ainda, que além dos procedimentos de alta complexidade, cuja principal característica é a abertura da caixa torácica, foram realizadas pelo serviço, desde março, 29 cirurgias percutâneas, ou minimamente invasivas, sendo 15 delas com finalidade de diagnóstico e 14 como opção terapêutica (de tratamento da anomalia).

O coordenador do Serviço Assistencial de Cirurgias Cardiopediátricas, cardiologista George Butel, explica que a maioria das crianças submetidas aos procedimentos de alta complexidade, tem menos de dois anos de idade. “A recuperação desses pacientes tem sido rápida e eles têm sido acompanhados pela equipe médica e de enfermagem no pós-cirúrgico, para garantir a total recuperação. Isso é feito de forma muito rigorosa”, explicou.

 Ele atribuiu a eficiência dos procedimentos, em parte, à autonomia e entrosamento do grupo. “Vamos avançar no que diz respeito às cirurgias, abrangendo casos cada vez mais complexos”, assegurou. As principais correções executadas, até o momento, conforme o cirurgião, são as relacionadas ao septo interatrial e às válvulas pulmonares.

 Serviço

O Serviço, implantado recentemente na Fundação, conta com seis cirurgiões, que também atuam nas cirurgias cardíacas em adultos, procedimentos que colocaram a instituição em evidência, elevando-a ao status de referência na região. Além deles, conta com pediatras, intensivistas neonatais, perfusionistas, fisioterapeutas, farmacêuticos-bioquímicos, enfermeiros, assistentes sociais, nutricionistas e psicólogos. Pedro Elias destaca que, antes, as cirurgias pediátricas eram ofertadas pela Susam por meio apenas em unidades privadas conveniadas ao Sistema Único de Saúde (SUS).

 O diretor-presidente explica que, desde o primeiro semestre deste ano, a unidade hospitalar vem realizando o atendimento da clientela infantil, com a realização de procedimentos percutâneos (método menos invasivo, que não necessita de abertura torácica). As cirurgias, realizadas de forma pioneira no Estado, iniciadas neste mês, são pelo método tradicional, de peito aberto, e inauguraram a segunda etapa da implantação do Serviço Assistencial de Cardiologia Pediátrica na rede estadual de saúde.

 Os profissionais receberam treinamento no Hospital do Coração (HCor), em São Paulo, considerado referência mundial em Cardiologia. Todo o processo de treinamento foi custeado pela Susam, em parceria com o Ministério da Saúde (MS), por meio do Projeto dos Hospitais de Excelência e do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (SUS).

 *com informações da assessoria de comunicação.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.