Publicidade
Cotidiano
CAPOTAMENTO

Gerente, esposa e irmã morrem após carro capotar em Autazes; filhos sobreviveram

Ao todo, sete estavam no veículo. Sobreviveram os filhos de 6 e 8 anos, o cunhado, de 32 anos, e a sobrinha de 1 ano 01/03/2017 às 14:32 - Atualizado em 01/03/2017 às 15:13
Show ba41ea47 a57c 4c23 94fe 75ee7dbb63d1
Foto: Divulgação
Vinicius Leal Manaus (AM)

O gerente de banco Manoel Iris Teles de Andrade, de 59 anos, a esposa dele, Hozana Bragança de Andrade, 34, e a irmã dele, Dayane Pereira Porto, 23, morreram na manhã desta quarta-feira (1º), por volta das 9h, durante um acidente de trânsito ocorrido no Km 74 da rodovia estadual AM-254, a estrada de Autazes, no perímetro do município localizado a 113 quilômetros de Manaus.

Ao todo, sete pessoas estavam no veículo, incluindo também os dois filhos do gerente, Melissa Bragança de Andrade, de 6 anos, e Victor Gabriel Bragança de Andrade, 8; o marido de Dayane, Ezequiel Bragança Andrade, 32, e a filha de Dayane e Ezequiel, a pequena Kiara Pereira Andrade, de apenas 1 ano. Os sobreviventes foram hospitalizados.

Segundo a Polícia Militar, o veículo envolvido, um Chevrolet S-10 de cor cinza, seguia no sentido Manaus-Autazes da rodovia AM-254 quando saiu da pista e capotou. “A estrada é um retão (sic), então a gente deduz que talvez ela cochilou no volante e saiu da estrada. Aí capotou”, explicou o sargento Eldenir Almeida, da 1ª Companhia da PM de Autazes. Também há a suspeita de que um animal tenha surgido na estrada.

O sargento Eldenir Almeida confirmou que Hozana quem dirigia o veículo. “Sim, era ela, segundo disseram testemunhas. O seu Manoel foi a óbito no local. Ela veio a óbito aqui no hospital de Autazes, mas depois o corpo dele foi trazido para cá”, explicou o PM. “Eles estavam vindo de Manaus para Autazes porque ele iria abrir o banco agora meio-dia, na volta do feriado. Inclusive o banco está fechado e não tem condições de abrir devido a essa situação”.

Um morador de Autazes e conhecido da família, o motorista Odlanger Nascimento Rebelo, 52, confirmou que todos os sete ocupantes do veículo retornavam de Manaus para Autazes após o feriado de Carnaval. “Eles vinham para cá porque ele é gerente do Banco do Brasil aqui. Foi uma curva que ele foi fazer, já perto de Autazes, e capotou”, disse.

A Prefeitura de Autazes confirmou o acidente e divulgou uma nota lamentando o ocorrido e se solidarizando com os familiares das vítimas. “Prestaremos toda a assistência aos sobreviventes e desde já deixamos nossas condolências às vítimas e familiares. Que Deus os receba no aconchego de Seus braços. Descansem em Paz!”

Segundo o sargento Eldenir Almeida, a Polícia Civil está investigando as circunstâncias do acidente. “Sim, a Polícia Civil já está cuidando do caso. O investigador Jairo foi ao local do acidente fazer perícia”, disse. A reportagem tentou contato com a Polícia Civil de Autazes, mas não obteve sucesso.

Hospitalizados

Os quatro sobreviventes do acidente, o adulto e as três crianças, foram transferidos para Manaus em um voo ainda na manhã de hoje. Todos estão hospitalizados no Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, sendo que as crianças estão no setor infatil, o Hospital Joãozinho. O estado de saúde deles não foi confirmado.

O prefeito de Autazes, Anderson Cavalcante, informou por telefone que chegou a Manaus nesta tarde para acompanhar o atendimento às vítimas. “Acabei de chegar”, disse o prefeito. Segundo ele, os corpos das três vítimas fatais estão em Autazes e serão também transferidas para Manaus. “Estou mandando um avião pegar os corpos que estão lá”, disse Anderson.

Publicidade
Publicidade