Publicidade
Cotidiano
POLÍTICA

Governador exonera secretários por 'infidelidade' à campanha de Rebecca

Governador interino está trocando dirigentes de órgãos públicos que não fazem campanha para a candidata apoiada por ele 24/07/2017 às 07:00
Show gov
Governador disse ainda que irá descentralizar hoje as pastas que estão sob a gerência do titular da Seinfra, Américo Gorayeb (Foto: Antônio Lima)
Janaína Andrade Manaus (AM)

Determinado em eleger sua candidata ao  governo  do Amazonas, o governador interino David Almeida (PSD) estabeleceu aos seus secretários uma condição para seguir no cargo: fidelidade à campanha de Rebecca Garcia (PP). A 15 dias do fim do 1º turno das eleições, David anuncia mudanças no seu secretariado, e não esconde de ninguém que quem está saindo ou não entrou de cabeça na campanha da candidata do PP, ou pior, estar fazendo campanha para outras candidaturas.

O próximo assessor de David Almeida a sair do governo por supostamente estar trabalhando pela campanha de Amazonino Mendes (PDT) é Zanele Rocha Teixeira, responsável pela Ouvidoria Geral do Estado. Antes de Zanele, na sexta-feira, o então titular do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam), Lúcio Flávio, também foi sacado do governo, por escolher como candidato ao governo o representante do PDT.

“A reforma anuncio na segunda-feira. Já troquei dois, o IDAM, onde o rapaz está fazendo campanha para o Amazonino. E a Ouvidoria eu vou fundir com a Controladoria, que já funciona no mesmo prédio, já tem a aprovação e terei a economia de quase R$ 4 milhões ao ano. Aí devo fazer mais duas ou três alterações. Quem sai da Ouvidoria é a Zanela Rocha, que foi fazer campanha para o Amazonino também, pode colocar. Ela é aliada do Silas”, disse David. 

Da órbita de influência do senador Omar Aziz (PSD), o deputado federal Silas Câmara (PRB), desistiu de disputar o governo nas últimas horas das convenções partidárias. Dias depois o deputado manifestou apoio à chapa formada por Amazonino e Bosco Saraiva. 

O governador interino David Almeida disse ainda que irá descentralizar hoje as pastas que estão sob a gerência do titular da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra), Américo Gorayeb, que acumula ainda a Secretaria da Região Metropolitana de Manaus (SRMM) e Projetos Especiais, responsável por exemplo, pelo Programa de Saneamento dos Igarapés de Manaus (Prosamim). Gorayeb é aliado histórico de Amazonino, e já ocupou o mesmo cargo – de secretário de infraestrutura, no governo de Amazonino entre os anos de 1999 a 2002. 

“Talvez eu pegue uma desses e coloque uma pessoa para ficar específica focada numa RMM, algo assim. O Gorayeab fica, tem três pastas hoje, com uma delas ele vai ficar. Só vou descentralizar”, afirmou o governador interino. David, sem dar detalhes, declarou que anunciará ainda “pequenas mudanças” em outras pastas do governo nesta segunda-feira. 

No interior 

Além de fazer campanha na TV, rádio e aparecer ao lado de Rebecca Garcia nos materiais gráficos da campanha, o governador David Almeida (PSD)  percorreu municípios do interior para pedir votos a candidata. Ao lado de Rebecca foi  a Humaitá, Lábrea, Boca do Abre, Benjamim Constant e Tabatinga.

Empréstimo

 O governador David Almeida (PSD) tem a expectativa de que um empréstimo de R$ 300 milhões para as áreas de infraestrutura, saúde, segurança pública e habitação seja liberado dentro de um mês. O empréstimo será feito por meio do Banco do Brasil.

“Segunda-feira (24) essa proposta será encaminhada para o Ministério da Fazenda, na Secretaria do Tesouro Nacional. A partir daí ele passa por três setores. Acredito que o nosso projeto irá passar uma semana em cada setor e mais uma semana para ser finalizado. Então acreditamos que seja dentro de um mês que esse recurso, na ordem de R$ 300 milhões, esteja liberado para a gente”, disse David.

Deste total, segundo o governador, R$ 230 milhões serão destinados para recuperação viária dos municípios.  “No sistema penitenciário com esse recursos vou conseguir aparelhar, ajudar. Estamos construindo o CDP 2, e poderemos ajudar na conclusão dessa obra, também tenho uma proposta de modernização dos presídios”, disse.

Publicidade
Publicidade