Publicidade
Cotidiano
EDUCAÇÃO

Governador José Melo anuncia pacote de obras de R$ 1,1 bilhão para a Educação

O dinheiro será usado para reforma, ampliação e construção de quadras poliesportivas, de novas escolas de tempo integral e obras já iniciadas 31/01/2017 às 15:36 - Atualizado em 31/01/2017 às 15:59
Show unnamed
(Foto: Divulgação)
Luana Carvalho Manaus (AM)

O governador José Melo (Pros) anunciou na manhã desta terça-feira (31) um pacote de obras na ordem de R$ 1,1 bilhão para a Educação no Estado. Os recursos, oriundos do Banco Mundial, do Governo Federal e do próprio Estado já estão em caixa e, segundo Melo, algumas obras já começam na próxima semana.

Os investimentos são referentes ao Programa de Revitalização e Construção de Escolas Estaduais e devem beneficiar pelo menos 480 mil alunos, segundo o governador. O dinheiro será utilizado para reforma, ampliação e construção de quadras poliesportivas, construção de novos Centros de Educação de Tempo Integral (CETIs), continuação de obras que já estão em andamento de escolas padrão e manutenção predial.

Maior parte do recurso será utilizada para construção e ampliação de ginásios poliesportivos, que, segundo o governador, também serão utilizados no projeto ‘Todos pela Vida’, que deve ser lançado em abril. “Vamos investir nos ginásios das nossas escolas para que eles não fiquem mais fechados aos sábados, domingos e feriados. Este projeto abrirá as quadras para a comunidade com todos os serviços do Estado, incluindo a saúde. É uma espécie de guarda-chuva de proteção às famílias e juventudes do nosso Amazonas”.

Embora o governo invista em estrutura e logística na educação, o salário dos professores não será alterado neste momento. “Se de um lado temos dinheiro para investir, do outro ainda temos muita dificuldade com a nossa receita própria, que depende da Zona Franca de Manaus. Quando a Zona Franca voltar de novo, saio desse limite da lei da responsabilidade fiscal e aí sentaria com todas as categorias para discutir aumento de salário”.

Mas, enquanto isso não acontecer, o governador afirmou que não tem como reajustar salários. “Tenho que ficar nessas condições porque a lei me impõe isso. Mas tenho esperança que em abril as coisas comecem a melhorar”, declarou.

Pacote de obras

O pacote de obras contemplará a construção de 53 escolas padrão, sendo 30 unidades na capital e 23 no interior; reforma de 112 escolas, das quais 19 são da capital e 93 estão instaladas no interior; além de quatro reformas e ampliações de escolas no interior do Estado.

Do total de novas escolas, 30 serão em Manaus e 23 no interior, em 20 municípios. O pacote também contempla a reforma de 19 unidades de ensino da capital e 93 do interior em 44 municípios.

Em números

R$ 1.159.117.392,49 é o valor total que será investido no pacote de obras para a educação no Estado, pouco mais de R$ 1 bilhão. O pacote contempla construção de novas escolas padrão e de tempo integral, além de ampliação e construção de novos ginásios poliesportivos e reformas em unidades da capital e do interior.

Publicidade
Publicidade