Quinta-feira, 20 de Janeiro de 2022
Investimento

Governo de SP anuncia investimento de R$ 100 milhões da Fapesp para Amazônia

Iniciativa em parceria com nove estados será lançada para solucionar desafios da Amazônia



8afaa42b-d7cd-4f2e-afdc-c80efffad7ef_6DF09F1B-A075-471E-AF43-9B9E334D4CFF.jpg Foto: Divulgação
01/11/2021 às 11:01

O Governo de SP, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, anunciou nesta segunda-feira (1°), durante a Conferência das Nações Unidas Sobre Mudança Climática (COP-26), em Glasgow, na Escócia, o projeto Amazônia + 10. A iniciativa prevê uma ação conjunta entre São Paulo e os nove Estados da Amazônia Legal (Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins) em prol da Amazônia, com investimento no valor mínimo de R$ 100 milhões a serem disponibilizados pela Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) para a resolução de desafios da Amazônia Legal. 

A iniciativa se apoiará no apoio à resolução de desafios em quatro grandes áreas:



- Conservação da Biodiversidade e Mudanças Climáticas;
- Proteção de Populações e Comunidades Tradicionais;
- Desafios urbanos da Amazônia Legal;
- Bioeconomia como Política de Desenvolvimento Econômico.

"O objetivo é promover o ecossistema de ciência e tecnologia da Amazônia Legal, por isso a inscrição no edital estará vinculada à participação de pelo menos um pesquisador ou instituto da região. O anúncio na COP é uma oportunidade para atrair potenciais financiadores internacionais interessados na preservação e no desenvolvimento sustentável da Região Amazônica que queiram se juntar a este esforço de pesquisa", comentou a Secretária Patricia Ellen. Além disso, a Secretária também destacou que este valor pode chegar a R$ 500 milhões. 

 

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.