Publicidade
Cotidiano
A partir do dia 30

Governo do AM divulga lista de demissão de 690 funcionários temporários da Susam

As demissões valem para unidades de saúde da capital e do interior. O objetivo é dispensar temporários para convocar concursados de 2014 22/11/2016 às 20:14 - Atualizado em 22/11/2016 às 21:04
Show show bef9a68f e3ac 402d 9c5d 27454f768375
As demissões constam em cinco portarias publicadas das página 29 a 38 do DOE, assinadas pelo secretário de Estado de Saúde, Pedro Elias de Souza (Foto: Arquivo A Crítica)
Vinicius Leal Manaus (AM)

O Governo do Amazonas divulgou na edição de hoje (22) do Diário Oficial do Estado (DOE) a lista de demissão de 690 funcionários que prestavam serviços temporários para a Secretaria de Estado de Saúde (Susam) em unidades de saúde da capital e do interior. O objetivo é dispensar temporários para convocar os concursados de 2014 da pasta.

As demissões constam em cinco portarias publicadas das página 29 a 38 do DOE, assinadas pelo secretário de Estado de Saúde, Pedro Elias de Souza. Para as demissões, foram considerados o inciso II do artigo 9º da Lei nº 2.607, de 28 de junho de 2000; o decreto de nomeação dos candidatos aprovados no concurso de 2014, datado em 2 de setembro de 2016; e o encerramento da vigência dos contratos administrativos.

Clique aqui e acesse o Diário Oficial do Estado (DOE) com a lista dos funcionários demitidos

Ao todo, são 690 demitidos entre enfermeiros, farmacêuticos, psicólogos, bioquímicos, técnicos de enfermagem, auxiliares de enfermagem e técnicos de patologia clínica de hospitais, pronto-socorros, maternidades, institutos de saúde, pronto-atendimentos e centros de atenção. A lista com os nomes dos demitidos constam da página 29 à página 38 do DOE de hoje.

Além de demissões em Manaus, também constam dispensas em unidades de saúde dos municípios de Alvarães, Autazes, Boa Vista do Ramos, Castanho, Fonte Boa, Iranduba, Itacoatiara, Manacapuru, Maués, Nhamundá, Novo Airão, Parintins, Pauini, São Gabriel da Cachoeira e Tefé.

Protestos

Por diversas vezes, os aprovados no concurso de 2014 promoveram protestos em Manaus exigindo a nomeação deles, inclusive em frente à sede da Susam. O certame de 2014 foi homologado no dia 31 de março de 2015. Até o momento, o Governo do Estado fez nomeações e convocações separadamente.

Publicidade
Publicidade