Quinta-feira, 23 de Maio de 2019
SEGURANÇA PÚBLICA

Governo do AM sanciona promoções de policiais militares e delegados da Polícia Civil

Os atos estarão disponíveis no site do Diário Oficial do Estado (DOE) nesta terça-feira (10)



IMG-20180409-WA0034.jpg
Foto: Divulgação
09/04/2018 às 20:53

Os decretos de promoções de 2.963 policiais militares, contemplando 2.784 praças e 179 oficiais, e de mais cem delegados da Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), que saíram da quarta para a terceira classe foram assinados pelo governador do Amazonas, Amazonino Mendes (PDT), nesta segunda-feira (9). Os atos estarão disponíveis no site do Diário Oficial do Estado (DOE) nesta terça-feira (10).

Com a decisão, o governo totaliza, neste ano, a promoção de 6.331 policiais militares. Foram 3.368 promoções em fevereiro e março, que se somam às 2.963 assinadas hoje. Havia policial que esperava desde 1988 pela promoção.

Segundo o governo, com as promoções, estão zeradas as atas pendentes dos anos de 2014, 2015, 2016, 2017 e 2018.

O governo pagou, ainda, auxílio-fardamento no valor de R$ 2,7 mil; dobrou o valor do tíquete-alimentação, que subiu para R$ 600, e do auxílio-moradia, que alcançou o mesmo valor. Também há o compromisso de pagamento da data-base da categoria, em atraso desde 2015. O reajuste segue em análise na Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM) e será anunciado em breve.

Investigadores

Na sexta-feira (6), o plenário da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (ALE-AM), aprovou a Mensagem Governamental n⁰ 03/2018, com o projeto de lei que trata da reestruturação remuneratória dos servidores da PC-AM, que estabelece o reajuste de 11%, a partir de abril deste ano, para escrivães e investigadores. A partir de 2019, haverá um aumento escalonado para esses servidores, até 2021, que totalizará 23% de reajuste, recompondo as datas-bases não cumpridas em 2015, 2016 e 2017.

Além do reajuste, o projeto de lei também reestrutura a atividade-meio da instituição, incorporando servidores administrativos que pertenciam a outros órgãos estaduais no quadro da PC-AM, permitindo o enquadramento deles no PCCR da instituição.

Leis sancionadas

O governador Amazonino Mendes sancionou ainda as leis aprovadas na ALE-AM que contemplam, além dos policiais civis, os professores, que terão reajuste de 27,02% pagos em três vezes até janeiro de 2019 e outros benefícios; e mais a reestruturação do Plano de Cargos, Carreira e Remuneração dos servidores da Secretaria de Estado de Produção Rural (Sepror) e do Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável (Idam), passando a contemplar os servidores da Adaf que, juntamente com Sepror, Idam e Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) formam o Sistema Sepror.

Com a aprovação, a Sepror poderá realizar concurso público para a Adaf nos próximos meses.

*Com informações da assessoria de imprensa.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.