Publicidade
Cotidiano
FUGA EM MASSA

Governo do AM toma medidas para bloqueio de entradas após fuga de presos em Roraima

Ao menos 80 presos conseguiram fugir por um túnel nessa sexta-feira (19). A SSP-AM informou que já tem conhecimento sobre o caso 20/01/2018 às 12:18 - Atualizado em 20/01/2018 às 14:18
Show br am
As capitais de Roraima e Amazonas são ligadas pela rodovia BR-174 (Foto: Arquivo A Crítica)
acritica.com Manaus (AM)

O Governo do Amazonas tomou medidas para bloquear possíveis entradas, no Estado, de presidiários que fugiram na madrugada dessa sexta-feira (19), da Penitenciária Agrícola de Monte Cristo, localizada na Zona Rural de Boa Vista, no Estado de Roraima. De acordo com informações de sites da região, ao menos 80 presos conseguiram fugir por um túnel.

O vice-governador e secretário de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM), Bosco Saraiva, disse que as medidas de bloqueio foram tomadas assim que o Estado teve conhecimento da fuga no presídio de Boa Vista. “A gente não pode revelar as medidas específicas, mas foram tomadas ainda na madrugada”, afirmou.

As capitais de Roraima e Amazonas são ligadas pela rodovia BR-174.

Fuga

De acordo com o portal G1 Roraima, a escavação em que os presos fugiram tinha cerca de 100 metros e foi feita da ala 14, onde fica o 'Cadeião', para a área externa atrás do maior presídio do Estado. Durante a fuga, criminosos causaram uma pane elétrica e o presídio ficou meia hora sem energia.

Conforme o site Roraima Em Tempo, o secretário estadual de Justiça e Cidadania de Roraima, Ronan Marinho, confirmou que a escavação pela qual os presos conseguiram fugir era antiga e havia sido demolida em parte. Ele assegurou que as máquinas não conseguiram entrar no presídio para que o túnel fosse totalmente destruído.

“Esse túnel foi descoberto no começo do mês e não tínhamos feito demolição total porque os tratores não puderam passar no portão da penitenciária. Vamos demolir um portão para que a retroescavadeira possa entrar. Essa fuga foi precedida de um ataque à rede elétrica. Inclusive prendemos um dos envolvidos nessa depredação, mas não vamos revelar identidade para não comprometer as investigações”, relatou a reportagem.

Ainda de acordo com o site local, o secretário havia dito que uma nova contagem seria feita neste sábado (20). “Vamos intensificar a fiscalização na região de mata do bairro Cauamé e nas saídas da BR-174, sentido Norte e Sul”, acrescentou.

Publicidade
Publicidade