Sexta-feira, 03 de Julho de 2020
BENEFÍCIO

Auxílio Emergencial teve mais de 1,2 milhões de cadastros aprovados no AM

Montante disponibilizado para socorrer informais durante a pandemia chega a R$ 919,8 milhões



auxilio-emergencial-1-868x644-1-569x420_10A2CE7C-8A23-4569-82A8-750B604B3CA2.jpg Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil
05/06/2020 às 20:25

Mais de 1,2 milhões de pessoas tiveram o cadastro no auxílio emergencial do governo federal aprovado no Amazonas, segundo a Controladoria Geral da União (CGU), que passou a divulgar nesta sexta-feira (5) os dados do programa social. No estado, o montante disponibilizado para socorrer informais durante a pandemia chega a R$ 919,8 milhões.

No topo da lista, Manaus concentra 636 mil beneficiários do programa, totalizando mais da metade da população alcançada pela política social no estado. Manacapuru, Printins, Itacoatiara e Tefé também aparecem entre os municípios com maior número de beneficiários.



O valor pago pelo auxílio também superou a soma de todos os outros benefícios no estado. Somados, os valores do Bolsa Família, Benefício de Prestação Continuada e do Seguro Defeso chegaram a R$ 864,7 milhões em 2020.

Nesta sexta, o Portal da Transparência do governo federal também passou a disponibilizar a lista de beneficiários do Auxílio Emergencial com os respectivos pagamentos das parcelas.

No lançamento, estão publicados os recursos da primeira parcela do auxílio, com pagamentos disponibilizados até a folha de abril para o grupo Bolsa Família, até 15 de maio para os inscritos no Cadastro Único e até o dia 22 de maio para os beneficiários de fora do Cadastro Único.

Segundo a CGU, os dados do Auxílio Emergencial serão atualizados mensalmente no Portal da Transparência. Na página, é possível denunciar, por exemplo, se uma pessoa recebe um benefício indevidamente.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.