Publicidade
Cotidiano
Notícias

Governo paga 14º, 15º e 16º salários a servidores de escolas que atingiram metas no Ideb

Prêmio de incentivo ao cumprimento de metas que custará R$ 6,7 milhões aos cofres estaduais será pago a 3.141 servidores de 99 escolas públicas estaduais  29/12/2014 às 18:41
Show 1
Governador José Melo e secretário da Seduc, Rossiele Silva, anunciam premiação de professores
acritica.com Manaus (AM)

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) pagará nesta terça-feira (30) o prêmio de incentivo ao cumprimento de metas para os servidores públicos estaduais da educação, o que significa o 14º, 15º e 16º salários  para as escolas que alcançaram ou superaram, em 2014, as metas estaduais no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e no Índice de Desenvolvimento da Educação do Estado do Amazonas (Ideam).

A premiação beneficiará 3.141 servidores públicos da educação estadual que, conforme o rendimento de suas escolas, receberão o benefício correspondente ao 14º, 15º ou 16º salários. Os prêmios serão pagos por meio de folha especial aos servidores que atuaram nas referidas escolas no ano específico em que elas atingiram as metas e totalizarão um investimento de R$ 6,7 milhões.

“Este é um reconhecimento do Governo aos servidores que primam pela excelência na educação. Esse esforço nos ajuda a colocar nossa rede estadual de ensino em um patamar superior e o resultado disso vai se refletir em um futuro de desenvolvimento que só a educação permite alcançar”, destacou o governador José Melo.      

De acordo com a Seduc, neste ano de 2014, o benefício chegará aos servidores de 99 escolas públicas estaduais. Conforme os critérios estabelecidos, neste ano, 61 escolas terão direito ao 14º salário, 37 terão o direito ao 14º e 15º e uma escola será contemplada com o 14º, 15º e 16º.

O secretário estadual de Educação, Rossieli Soares da Silva, informou que o prêmio concedido anualmente pelo Governo do Estado é um reconhecimento ao empenho dos profissionais da educação cujas escolas foram referência na busca pela excelência. “Criado pelo Governo do Estado e estabelecido por lei estadual, este é um prêmio que reconhece o empenho dos educadores e que é um estímulo para que mais escolas busquem a excelência em seus indicadores. É importante ressaltar que para as escolas contempladas, o prêmio é concedido a todos os profissionais, do vigilante ao gestor, pois todos são co-responsáveis pelos méritos conquistados”, declarou o secretário Rossieli Soares da Silva.

O Prêmio de Incentivo ao Cumprimento de Metas para os Profissionais da Educação Estadual foi estabelecido pelo decreto estadual 31.488/11.

A Gerência de Avaliação do Desempenho da Seduc acrescentou que, de acordo com o regimento do Prêmio, foram estabelecidas metas específicas de acordo com a tipologia de cada escola (convencional, de tempo integral ou Centro de Educação de Tempo Integral) e nível de atendimento da unidade de ensino (ensino fundamental anos iniciais, ensino fundamental anos finais e ensino médio). Para suscitar uma evolução contínua, os índices são crescentes a cada ano.

Escolas contempladas com o 14º salário:

Escolas contempladas com o 14º e 15º salários

Escola contemplada com o 14º, 15º e 16º salários

Publicidade
Publicidade