Publicidade
Cotidiano
Notícias

Governo vai incentivar compra de ração mais barata

O saco de 40 quilos, que geralmente é adquirido por R$ 30 no mercado nacional, não chega por menos de R$ 70 ao interior. 06/04/2013 às 13:35
Show 1
Omar Aziz discursa durante sua viagem
acritica.com Manaus (AM)

O governador do Amazonas, Omar Aziz, anunciou neste sábado (6), durante viagem aos municípios de Parintins e Boa Vista do Ramos, no baixo Amazonas, a criação de uma companhia estadual para compra e comercialização de ração de peixe aos piscicultores do Estado.

A nova companhia será vinculada à Agência de Desenvolvimento Sustentável do Amazonas (ADS) e terá a missão de baratear os preços da ração, atualmente a maior despesa para a criação de pescado em cativeiro.

"Determinei a criação da companhia que vai comprar essa ração pelo preço mais barato no país e vai levar aos municípios pelo mesmo preço aos produtores, ao preço de custo. O grande problema para você produzir peixe em cativeiro é justamente o preço da ração", ressaltou o governador.

Os produtores amazonenses adquirem a ração por atravessadores, o que tem elevado o valor do insumo. Com foco no desenvolvimento da piscicultura através do Amazonas Rural, Omar Aziz determinou a preparação de uma área de mais de 700 hectares, em Manacapuru, para a criação exclusiva de peixe.

"Determinei que os equipamentos do Estado entrem lá, façam as lâminas de água e todos os arranjos produtivos necessários para entregar às famílias. Mais de 500 famílias vão trabalhar nessa área. A mesma coisa eu quero fazer em Parintins. Subsidiando a ração para que a gente possa produzir", disse.

Outra prioridade é a mecanização dos produtores de mandioca do Estado. Para baixar o preço da farinha, que em alguns mercados de Manaus pode ser encontrada por R$ 10, o quilo, o único caminho é aumentar a produção, segundo Aziz. Para isso, o governo prepara um plano de mecanização para o setor, com a doação de casas de farinha, aumento das áreas de cultivo, entre outras ações.


**Com informações da assessoria

Publicidade
Publicidade