Publicidade
Cotidiano
Solidariedade

Grupo de jovens dedica o sábado para servir a comunidade na Praça 14

Ação social de igreja reuniu serviços de saúde, gastronomia e até assessoria jurídica gratuitamente 20/08/2016 às 17:28
Show dsc 0043
Sucesso do evento foi tão grande que os jovens já pensam em agregar novos serviços à comunidade / Foto: Clóvis Miranda
Alik Menezes Manaus (AM)

Um grupo de jovens da Igreja Cristã Vinho Novo deixou seus compromissos de lado e usou seus dons e talentos para servir os moradores do bairro Praça 14 de Janeiro, Zona Sul da cidade neste sábado. A primeira edição do Projeto Mais Ação proporcionou ao público pelo menos 10 serviços.

O pastor de jovens e psicólogo Ismael Rabelo, 27, explicou que o projeto  surgiu da necessidade dos jovens de usar seus dons, talentos e habilidades para servir o próximo. “Nosso objetivo é unicamente servir e amar o próximo assim como Jesus nos ensinou, nós não devemos servir apenas a nós mesmos”, disse.

De acordo com o líder religioso, foram oferecidos a comunidade dez tipos de serviço como salão de beleza, serviços de saúde, oficinas de gastronomia e até assessoria jurídica. O evento começou às 10 horas da manhã e até às 15 horas pelo menos 250 pessoas foram atendidas, entre crianças e adultos.

O jornalista e líder de jovens, Guilherme Alves, destacou que além da necessidade de servir, os membros perceberam que a comunidade é carente de iniciativas como essa. Alves disse, também, que as pessoas precisavam perceber que a igreja está aberta para a comunidade. “Nós não queremos que elas venham para a igreja por vir, nós queremos que elas se sintam amadas e nós podemos amar por meio dos dons que recebemos”, disse.

O evento superou as expectativas dos organizadores. Tanto que eles já até definiram alguns serviços que serão incluídos. “Nossa meta é realizar a cada dois meses e nos próximos nós teremos atendimento odontológico e oftalmológico”, disse.

Para Alves, as pessoas que recebem o serviço saem do evento felizes, mas o fato de poder ajudar de alguma forma outras pessoas é ainda mais gratificante. “Quem recebe o serviço sai feliz, mas quem está ofertando o serviço sai ainda mais feliz porque se sente útil em algo, sente que somou na vida de alguém, pôde se doar para amar alguém”, disse, emocionado.  

A auxiliar de produção Daniella Carolina, 33, disse que ficou impressionada com a estrutura que os jovens montaram na igreja e ficou muito feliz ao ver que há pessoas interessadas em amar sem segundas intenções. “Fiquei sabendo ontem, quando eles passaram na rua divulgando, nem acreditei, mas fiquei feliz e me programei para vir aqui”, disse a Daniela que optou pelos serviços de manicure e pedicure.

Publicidade
Publicidade