Publicidade
Cotidiano

Grupo de jovens representa o AM na Jornada Mundial da Juventude, na Polônia

Evento inicia nesta terça-feira na cidade de Cracóvia. Grupo 'Discípulos do Amor', formado por oito jovens da Área Missionária São Domingos Sávio, no Armando Mendes, está entre os 50 amazonenses inscritos 25/07/2016 às 08:45 - Atualizado em 25/07/2016 às 19:12
Show jmj
Foram três anos de preparação e formação espiritual até a JMJ 2016 (Foto: Divulgação)
Luana Carvalho Manaus (AM)

Nesta terça-feira (26) começa o maior evento jovem católico do mundo: a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), que este ano será realizado na cidade de Cracóvia, na Polônia, onde são esperados milhares de jovens em busca de crescimento espiritual. Mais de 13 mil brasileiros se inscreveram, destes, aproximadamente 50 são amazonenses, entre eles, o grupo “Discípulos do Amor”, formado por oito jovens da Área Missionária São Domingos Sávio, do bairro Armando Mendes, Zona Leste.

Apesar das atividades iniciarem amanhã, a jornada dos oitos jovens começou ainda em 2013, ano em que o evento foi realizado no Rio de Janeiro. Três dos oitos amigos participaram da JMJ e voltaram para Manaus com  a vontade de mobilizar mais jovens da comunidade para formarem uma caravana para 2016. Desde então, à base de muito trabalho e fé, o grupo conseguiu arrecadar dinheiro suficiente para arcar com os custos da viagem, hospedagem e alimentação.

“A princípio éramos 13 jovens, mas com o passar do tempo, alguns foram ficando pelo caminho  por uma série de dificuldades que envolviam falta de tempo e recurso financeiro. Nós que ficamos prosseguimos trabalhando, fazendo eventos, rifas, bingos, todos os dias. Metemos a cara para trabalhar e conseguir alcançar nosso objetivo”, conta o publicitário Erick Frota, 26.

Para chegar onde estão, os jovens passaram por processo de formação na Área Missionária , persistiram nos eventos, que iam desde rifas à venda de café da manhã. “Desde que partimos de Manaus nossa expectativa foi a melhor possível. Será uma experiência enriquecedora. Para nós, que somos católicos, a jornada representa uma chance de crescimento espiritual, que nos permite aprofundar nossa espiritualidade e amadurecer nossa fé para voltarmos para nossa comunidade com novos conhecimentos, aplicando tudo que aprendemos. Essa é nossa missão”, completou.

Longa jornada

Eles saíram de Manaus no dia 19 de julho e durante a peregrinação  passaram por Lisboa (Portugal), Berlim (Alemanha),  até chegarem, na última sexta-feira, em Cracóvia, onde participarão do evento que este ano traz o tema  “Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia” (Mt 5:7).

O Papa Francisco deve chegar no evento hoje, mas, conforme relata Erick, jovens do mundo inteiro lotaram a cidade. “Estamos conhecendo pessoas de vários países, fazendo amizades, trocando experiências. Tivemos a oportunidade de fazer alguns passeios turísticos como os campos de concentração nazistas, onde assassinaram milhares de judeus. A gente vendo tudo de perto, nos deixou sem palavras, pois a jornada está nos enriquecendo tanto culturalmente quanto espiritualmente”, finalizou.

Estimativa de 2 milhões jovens

A Jornada Mundial da Juventude também conhecido como “JMJ” é um evento religioso instituído pelo Papa João Paulo II em 20 de dezembro de 1985,  que reúne milhões de católicos de todo o mundo, sobretudo jovens. Com duração de cerca de uma semana, promove eventos da Igreja Católica para os jovens e com os jovens.

Na edição de 1995, em Manila, Filipinas, o evento reuniu cerca de 4 milhões de pessoas, uma das maiores concentrações de católicos da história. A JMJ de 2013, realizada no Rio de Janeiro, Brasil, reuniu pelo menos 3,7 milhões de jovens, sendo a segunda maior concentração de jovens da história deste evento. Este ano, estima-se 2 milhões de pessoas.

A JMJ inicia oficialmente amanhã e encerrará no dia 31 no  Campus Misericordiae, local da Vigília e Missa de Encerramento presidida pelo Papa no final da Jornada Mundial da Juventude.

Atividades

Em Cracóvia, na Polônia, durante a Jornada Mundial da Juventude, os jovens, adultos e idosos católicos de todos os continentes participarão de atividades como missas, catequeses itinerantes, vigília, encontro com padres e voluntários, entre outras.

Publicidade
Publicidade