Domingo, 20 de Setembro de 2020
AÇÃO PRÓ VIDA

Grupo de mulheres realiza 5ª campanha de doação de sangue em Manaus

Ação acontecerá a partir das 7h deste sábado (19) e contará até mesmo com música ao vivo. Apesar de ser formado por mulheres o grupo também incentiva a participação de todos os gêneros na doação



6f4b894c-cd6c-4787-b0a2-ab56b1dae383_FD9A0319-87E1-44FE-AAF9-C36B1C68C26A.jpg Fotos: Arquivo Pessoa/Silvana Reis
16/09/2020 às 10:30

Neste sábado (19) o grupo ‘SuperDoadoras’ realizará a penúltima campanha de doação de sangue de 2020, na sede do Hemoam, localizada na avenida Constantino Neri. O evento, que terá início a partir das 7h da manhã, faz parte do calendário de campanhas estabelecidas durante o ano todo e contará até com música ao vivo.

A ideia de formar um grupo de mulheres super heroínas que doam sangue surgiu após Silvana Reis, fonoaudióloga e idealizadora da campanha, ser vista doando sangue fantasiada de heroína. “A primeira Campanha das SuperDoadoras aconteceu porque uma amiga viu algumas fotos minhas, nas redes sociais, fantasiada de heroína e disse que também queria doar sangue assim, mas tinha vergonha”, contou.



O grupo, que completou seu primeiro aniversário no mês de junho, tem por objetivo divulgar a importância da doação de sangue voluntária e captar novos doadores para manter o estoque do banco de sangue do hemocentro sempre abastecido. De acordo com a chefe do departamento no ciclo do sangue do Hemoam, Dra. Socorro Viga, a parceria com o grupo é essencial para manter o estoque. “Nós temos uma parceria muito grande com o SuperDoadoras porque toda vez que o Hemoam está com estoque baixo, elas se mobilizam e doam, em média, 250 a 300 bolsas de sangue em um único dia. De março até agora tivemos o número de mil doações, somente do grupo”, comentou.


Foto: Arquivo Pessoa/Silvana Reis

O SuperDoadoras foi criado visando incentivar o número de doadores do sexo feminino, uma vez que, no Amazonas, esse número representa de 34 a 36% e, ainda segundo a Dra. Socorro, a divulgação feita pelo grupo tem resultado no aumento desse público. “Sempre que nosso estoque está crítico, nós entramos em contato com o grupo e elas se mobilizam vindo ao Hemoam e movimentando as mulheres para doar, com isso têm aumentado muito o número de doação feminina”, completou a médica.

“A doação de sangue foi a forma que eu encontrei de contribuir para que o mundo seja um lugar melhor”, é o que afirma a maquiadora, Camila Viana, que faz parte do SuperDoadoras desde a fundação do grupo. “É uma grande honra conviver com diversas pessoas que ajudam o próximo, pois o que muitos não sabem é que além de doar nós também ajudamos a captar pessoas que nunca doaram sangue”, disse. Uma bolsa de sangue pode salvar até quatro vidas e é com esse pensamento que Camila continuará fazendo parte da campanha. “Sob hipótese alguma quero deixar de doar, já virou um hábito! Não conseguiria, sabendo que posso salvar tantas vidas. O sentimento que tenho é de realização. De dever cumprido”, completou Camila.

Fake news do bem

No mês de maio, com o número de casos de covid-19 aumentando no Estado, o percentual de doadores de sangue começou a cair devido à quarentena instaurada pelo isolamento social. Foi pensando nisso que a fundadora do SuperDoadoras resolveu compartilhar uma mensagem que recebeu pelo whatsapp dizendo que o estoque de sangue do Hemoam estava na UTI. “Recebi uma mensagem onde dizia que o banco de sangue no Hemoam estava na UTI, sem verificar a veracidade, compartilhei a mensagem e a notícia viralizou. Fiquei sabendo que era fake news quando a Assessoria do Hemoam entrou em contato comigo. No dia 13 de maio, mais de quatrocentas pessoas deixaram o receio do novo coronavírus e foram doar. Uma fake news que alavancou o Banco de Sangue”, relembra Silvana Reis.

A idealizadora da campanha ainda lembra que, embora o SuperDoadoras seja formado por mulheres, os homens também são bem vindos para doar. “Apesar do nome e o objetivo do grupo ser o incentivo da doação de sangue pelo público feminino, as doações não são exclusivas de mulheres. Todos são bem vindos”, completou.


Grupo também incentiva participação masculina na ação pró vida. Foto: Arquivo Pessoal/Silvana Reis

Requisitos básicos para doar

Apresentar documento oficial com foto;

Ter entre 18 e 69 anos de idade;

Pesar mais de 50 kg;

Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas);

Ter se alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação);

Não ter ingerido bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.

Estar em boas condições de saúde;

Não ter feito tatuagem ou piercing nos últimos 12 meses;

Pessoas com idade entre 16 e 17 anos, também podem doar, com a autorização dos pais ou responsáveis. É necessário a presença de um deles, na primeira doação.

Serviço

O que? 5ª Campanha de doação de sangue das SuperDoadoras

Quando? Dia 19 (sábado) de 7h às 17h

Onde? Sede do Hemoam (Av. Constantino Nery, 4397 - Chapada)

News a0acd7f2 8136 44ff 96e6 d3eb7115c7df 6298de6b 07f4 43b5 ac32 9ce1bd717305
Fotógrafo e repórter de A Crítica

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.