Sábado, 24 de Agosto de 2019
EDIÇÃO

Guaraná de Maués representará AM em feira internacional de gastronomia e hotelaria

A fruta é um dos destaques do Espaço Terroir, organizado pelo Sebrae e no qual serão apresentados produtos de todo o País que se destacam por suas características



guaran__21.JPG O evento acontece nos dias 14 e 16 de março (Foto: Divulgação)
12/03/2018 às 12:42

O guaraná de Maués é o representante do Amazonas na segunda edição do Sirha Brasil, maior evento da indústria de gastronomia e hotelaria do mundo, que acontece nos dias 14 a 16 de março no centro de eventos Expo São Paulo, na capital paulista.

A fruta é um dos destaques do Espaço Terroir, organizado pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e no qual serão apresentados produtos de todo o País que se destacam por suas características regionais, potencial de exportação e que atendem rigorosos critérios de apelo gastronômico, qualidade, sustentabilidade, alimentação saudável e certificação.

Após uma década enfrentando entraves burocráticos e a ausência de interesse político, no último dia 16 de janeiro, o guaraná cultivado e produzido em Maués obteve o Registro de Indicação Geográfica (IG), emitido pelo Instituto Nacional de Propriedade Industrial (Inpi), com a aliança entre prefeitura local, associações de produtores e instituições como a Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e o próprio Sebrae, totalizando 12 órgãos que integram o Conselho Regulador do Guaraná de Maués.

De acordo com o prefeito de Maués, Junior Leite, as variações do produto que serão apresentadas no stand em São Paulo – guaraná em rama (torrado), em pó e em bastões – foram avaliadas pelos integrantes do conselho como os formatos de maior apelo comercial.

“Em um ano recuperamos a cultura e a agroindústria do guaraná em Maués. Já distribuímos 11,6 mil mudas e 1,5 mil equipamentos, contratamos técnicos para oferecer apoio às comunidades, conquistamos a IG após 10 anos, inauguramos um viveiro municipal para cultivo de 200 mil mudas e agora vamos buscar novos mercados, para ser de fato, a Terra do Guaraná”, destacou Junior Leite.

Ainda de acordo com o prefeito, já está na fase de planejamento a construção de um novo viveiro, também para 200 mil mudas, na sede da Secretaria Municipal de Produção Rural e também o lançamento do selo “Guaraná de Maués”, que será utilizado apenas em produtos que comprovadamente utilizem a fruta natural do município.

“O selo vai assegurar que os consumidores de todo o Brasil, de outros países e de Manaus, que é nosso maior mercado hoje, saibam o que estão comprando e consumindo, e ao mesmo tempo gerar mais postos de trabalho e renda com a valorização do produto”, avaliou Junior Leite, ao acrescentar que entre as características únicas do guaraná de Maués está o alto teor de cafeína (6% do peso do grão), muito superior ao de similares cultivados em outras regiões brasileiras.

*Com informações de assessoria de imprensa

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.