Publicidade
Cotidiano
POLÍTICA

Gustavo Bebianno nega irregularidade no repasse de recursos de campanha

A PF apura denúncia de que o ministro cometeu irregularidades ao destinar recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha a candidatas "laranjas" do PSL. Bebianno era presidente da legenda 14/02/2019 às 20:27
Show bebianno e937bc5f a0e5 4ea1 b5cd 159a018f1f8f
Foto: Reprodução/Internet
Agência Brasil Brasília (DF)

O ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gustavo Bebianno, divulgou hoje (14) nota de esclarecimento negando que tenha cometido irregularidades no repasse de recursos do Fundo Especial de Financiamento de Campanha, no ano passado, para candidatas do PSL. Bebianno afirmou que mantém o compromisso com o combate à corrupção.

"Reitero meu incondicional compromisso com meu país, com a ética, com o combate à corrupção e com a verdade acima de tudo", disse o ministro na nota.

A Polícia Federal apura a denúncia de que os recursos do fundo seriam destinados a candidatas "laranjas" em Pernambuco. Bebianno era presidente do partido durante a campanha eleitoral. "Reafirmo que não fui responsável pela definição das candidatas de Pernambuco que foram beneficiadas por recursos oriundos do PSL Nacional", afirmou.

Publicidade
Publicidade