Terça-feira, 16 de Julho de 2019
NATAL

Hemoam promove confraternização de Natal para incentivar doação de sangue

“Neste Natal, presenteie a vida com seu sangue” é o tema. O objetivo é divulgar a importância da doação de sangue em períodos críticos, como o fim de ano



232.jpg Ação contou com a presença do Papai Noel, além de doadores, servidores e colaboradores do Hemoam. Foto: Joab Claudiano/Divulgação
22/12/2017 às 13:58

Com o tema “Neste Natal, presenteie a vida com seu sangue”, a Fundação Hospitalar de Hematologia e Hemoterapia do Amazonas (Hemoam), instituição ligada à Secretaria de Estado de Saúde (Susam), promoveu na manhã desta sexta-feira (22) uma confraternização para os doadores de sangue. O evento, realizado no Bloco C da instituição, também convocou a sociedade a doar sangue. 

De acordo com diretor técnico da Fundação Hemoam, Rodrigo Leitão, o objetivo do encontro também é divulgar a importância da doação de sangue em períodos críticos, como o de festas de fim de ano. Além disso, a ação visa também promover a valorização do doador voluntário de sangue e contribuir para o equilíbrio do estoque de sangue. “Esta é uma forma de homenagearmos os doadores de sangue, pessoas solidárias e voluntárias que com um gesto altruísta salva a vida de muita gente”.

Conforme ele, a situação é crítica neste período porque a demanda por sangue aumenta em média 10 a 20% e o fluxo de doações reduz haja vista que muitas pessoas viajam para as festas de fim de ano. “Temos que mobilizar todas as pessoas possíveis porque dezembro e janeiro são os meses do ano em que precisamos mais do que nunca da ajuda dos doadores para manter o nosso estoque e as atividades funcionando, bem como atender todas as demandas”, destacou.

Além dos que viajam nessa época do ano, sendo que os que vão para o interior, a áreas endêmicas, de mata, ficam inaptos para doar sangue, segundo os critérios de triagem para controle das doenças epidemiológicas, outro agravante é que nesse período de festas de fim de ano o número de acidentes costuma ser maior. “Em geral, as solicitações de bolsas de sangue dos hospitais e prontos-socorros também crescem”, explicou a gerente de Fracionamento do Hemoam, Maria José Coelho.

Para manter o estoque de sangue em alta, a instituição precisa de pelo menos 250 doadores por dia. “É necessário ter 800 bolsas de sangue para atender os hospitais públicos e privados do Amazonas. Abaixo disso, é considerado estado crítico”, ressaltou a chefe do Departamento do Ciclo do Sangue, Socorro Viga. 

Critérios para doar

Para doar sangue é necessário apresentar documento oficial de identidade com foto. A pessoa precisa ter entre 18 e 69 anos. Menores de idade também podem doar, desde que tenham autorização dos pais ou responsáveis. Jovens de 16 e 17 anos precisam de autorização formal do responsável ou representante legal.

Os doadores também devem estar bem de saúde e não ter ingerido bebida alcoólica nas últimas 12 horas anteriores à doação. Não é necessário estar em jejum para doar sangue.

Onde doar sangue

Entre os locais disponíveis para doar sangue estão a própria Fundação Hemoam, na avenida Constantino Nery, 4.397, Chapada, na Zona Centro-Sul da cidade, nos horários de segunda a sábado, das 7h às 18h, e a Maternidade Ana Braga, na avenida Alameda Come Ferreira, bairro Aleixo, de segunda a sexta, das 7h às 13h30.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.