Publicidade
Cotidiano
Notícias

História de relacionamento homossexual entre mãe e filha que circula pela Internet é falsa

Um texto veiculado em sites e blogs, onde conta a história de incesto entre uma mãe e filha, repercutiu nas redes sociais do Brasil e de todo o mundo, levantando dúvidas quanto à veracidade dos fatos. Após uma busca, um texto tratou de revelar a verdade 18/09/2014 às 13:19
Show 1
Mary e Vertasha Carter são as supostas incestuosas
acritica.com* ---

Muitas notícias consideradas, digamos, inusitadas e são veiculadas na web geram surpresa e até mesmo certo espanto entre os internautas. No entanto, aquela velha “pulga atrás da orelha” tende em deixar a dúvida pairando pelo ar: “Será que é verdade?”. Desta vez, o assunto repercutido nas redes sociais é a de que mãe e filha teriam assumido um suposto relacionamento amoroso homossexual. A notícia causou indignação nas pessoas e questionamentos de outras.

Diversos sites e blogs divulgaram na web o seguinte conteúdo: “Minha mãe ainda é minha mãe. Ela ainda faz coisas normais de mãe: me compra roupas, comida, me diz para fazer a minha cama. Nós apenas também gostamos de fazer sexo uma com a outra”.

“Ambas somos mulheres e obviamente não podemos fazer crianças. Seria diferente se o pai dela a engravidasse e nascesse um bebê com deformidades, mas nós não estamos machucando ninguém. Somos uma minoria nova e tudo o que queremos é que aceitem", teria dito a mãe, num texto originalmente publicado no blog The Stuppid.

A mãe ainda declarou, de acordo com a matéria que circula na Internet, que a atração entre ela e a filha iniciou quando a garota completou 16 anos, mas elas discutiram e decidiram esperar que ela completasse 18 anos para que começassem a manter relações sexuais. Ela ainda teria afirmado que elas não tornaram seu relacionamento público para criar polêmica, mas sim para encorajar outras pessoas que estivessem em relacionamentos parecidos

Em contrapartida, alguns sites como o Estiluma Net e Famosos na web, entre outros, trataram imediatamente de desqualificar o conteúdo, apresentando plausíveis especulações.

Conforme a especulação do site Estimula Net, a história é contada por alguém anônimo, que escreve que supostamente "conheceu a história de Mary e Vertasha Carter". A página deu sua explicação: "Trata-se de um site que posta as coisas mais sem noção do mundo, em busca de acesso, em outras palavras é um site com confiança zero, que cria noticias na maioria das vezes", publicou nesta terça-feira (16).

Durante uma busca pelo nome das personagens da história, a equipe do site descobriu que não há registro de "Mary e Vertasha Carter"  em nenhum local, a não ser no Twitter onde uma conta (@VertashaAndMary) foi criada no último domingo (14).

Toda e qualquer foto das “incestuosas”, inclusive as postadas no microblog Twitter, se resume a exatamente essa que ilustra a matéria. O Estimula Net também desconfia do fato de que, apesar delas terem supostamente assumido o relacionamento e criado um perfil no Twitter, não tiraram nenhuma outra foto, juntas ou separadas.

Fora isso, não existe em nenhum local um registro de Vertasha Carter. Ainda segundo a postagem que desmascara a farsa, muitos leitores podem até achar que os dados levantados são poucos e que não comprovam que a mentira, mas o Estimula Net afirma que "nunca aconteceu de uma noticia desse tipo sem nenhum dado, tendo origem em um site de noticias falsas e bizarras, tenha se mostrado verdadeira".

Contudo, vale ressaltar a importância da fonte para comprovação dos dados da notícia, antes de serem propagadas pela internet.

*Com informações do site Estimula Net

Publicidade
Publicidade