Terça-feira, 23 de Julho de 2019
Notícias

Homem com farda da PM solicita armas de grosso calibre e foge sem ser notado no AM

Bandido entrou nesta segunda (3) em grupamento especial e levou uma submetralhadora e uma pistola modelo PT.40, além de munições de referidas armas



1.gif A operação Manaus Segura atua em 60 pontos identificadas pela Polícia Militar com o maior índice de criminalidade
04/11/2014 às 10:54

Um homem que se identificou como soldado da Polícia Militar Eduardo Silva entrou nesta segunda-feira (3) na unidade da Polícia Militar do Grupamento Especial de Ronda e Intervenção Rápida (Gerir) Manaus Segura que funciona nas dependências da Faculdade Nilton Lins, Parque das Laranjeiras, Zona Centro-Sul e levou uma submetralhadora e uma pistola modelo PT.40 além das munições das referidas armas.

O caso foi denunciado pelos militares pelas redes sociais e confirmado pelo registro feito no livro de ocorrência. De acordo com o registro feito pelo comandante do Gerir, Belchior Marcos Rodrigues, por volta 6h45 de ontem quando era feito a liberação do grupamento de serviço oficial do dia ele foi conferir o porte de armamento e foi informado pelo armeiro Anísio Carioca o ocorrido.

De acordo com o armeiro, um homem uniformizado com farda da Polícia Militar se apresentou como soldado Eduardo Silva. Este disse que trabalhava no Comando Geral da Polícia Militar e que havia sido transferido para o Gerir, onde estava trabalhando havia dois dias.

Eduardo Silva solicitou as armas consideradas de grosso calibre e saiu. O caso só foi descoberto pelo comandante de unidade que passou a investigar a situação. No registro, Belchior disse que não sabia de nada e também não autorizou o acautelamento da arma para o suposto soldado. O armeiro não conferiu a escala de serviço e nem anotou os dados da pessoa para quem ele entregou as armas.

Um aviso que circulou ontem pelas redes sociais informava que o suposto soldado teria levado a submetralhadora modelo G2 e dois carregadores, cada um com 30 balas e a pistola com dois carregadores cada um com 15 balas. No total, Eduardo Silva levou da unidade 90 balas e duas armas de fogo, além de também um rádio comunicador.

Ainda segundo o aviso o homem é alto, com aproximadamente 1,86 de altura, com clara e forte com características de um policial militar. Foi divulgada ainda a imagem de um homem que trabalha com segurança privada na área do conjunto Santos Dumont, Zona Oeste.

Durante o dia de ontem a polícia procurou pelo suspeito e não encontrou. O armeiro foi ouvido no Comando Geral e depois foi preso.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.