Publicidade
Cotidiano
Notícias

Homem de 90 anos pode ser preso e pagar multa por dar comida para moradores de rua

Nova lei que proíbe que grupos humanitários partilhem refeições com o público em Fort Lauderdale, na Flórida, pode punir executivo que realiza a ação desde 1991 05/11/2014 às 17:01
Show 1
Abbott planeja processar a cidade e pretende continuar o seu ato de doação
acritica.com* Fort Lauderdale - Flórida.

O executivo da ONG Love Thy Neighbor, Arnold Abbott, de 90 anos, corre o risco de ficar até 60 dias na prisão, e pagar uma multa de US$ 500, devido a uma nova lei que proíbe que grupos humanitários partilhem refeições com o público em Fort Lauderdale, na Flórida.

Arnold alimenta moradores de rua desde 1991, com uma equipe de voluntários, e no último domingo foi apreendido por policiais enquanto distribuía as refeições em um parque.

Ele foi preso e acusado juntamente com dois pastores da Igreja Santuário, que prepara centenas de refeições para repartir toda semana em sua cozinha. Durante a abordagem muitos dos espectadores gritaram aos oficiais “que vergonha!”.

“Um dos policiais se aproximou e disse: ‘Largue esse prato agora’, como se eu estivesse carregando uma arma”, afirmou Abbott.

O executivo aponta o sofrimento dos moradores de rua como o principal motivo de sua atitude: “Estes são os mais pobres entre os pobres, que não têm nada, eles não têm um teto sobre suas cabeças. Como você vai mandá-los embora?”, disse.

Em 1999, o Sr. Abbott processou a cidade de Fort Lauderdale depois que ele foi impedido de alimentar os sem-teto na praia, e o tribunal considerou que a regra era contra a Constituição. A nova lei - que entrou ou deve entrar em vigor em Seattle, Los Angeles, Phoenix, Dallas e Philadelphia - foi aprovada na semana passada.

Abbott planeja processar a cidade novamente e pretende continuar o seu ato solidário.

Pela nova regra, os locais de distribuição de comida devem ter mais de 152 metros entre um e outro, estar a mais de 152 metros de propriedades residenciais e não devem ultrapassar um por quadra.

Michael Stoops, organizador comunitário na Coalizão Nacional para os Sem Abrigo, disse à emissora americana NBC News: “O desenvolvimento econômico e o turismo não combinam bem com as pessoas sem-abrigo e as agências que os servem.”

Abbott fundou o Love Thy Neighbour em memória de sua falecida esposa Maureen, a fim de continuar o trabalho humanitário que ambos fizeram, regularmente no Holiday Park e na praia de Fort Lauderdale.

*Com informações do O GLOBO

Publicidade
Publicidade