Sábado, 25 de Maio de 2019
Notícias

Homem que esfaqueou delegado no interior do Amazonas estava sob efeito de bebida alcoólica

“O suspeito invadiu a delegacia visivelmente embriagado foi até a sala onde estava o delegado e desferiu os golpes”, contou o diretor do FERA, delegado Fábio Martins



1.jpg
Reinilton dos Santos Ferreira foi apresentado na manhã deste domingo (20) após ter atingido o investigador e chefe de polícia de Novo Aripuanã na última sexta (18)
20/01/2013 às 12:00

Renilton dos Santos Ferreira, 39, o “Baiano” foi apresentado na manhã deste domingo (20) na Delegacia Geral de Polícia por policiais do Grupo da Força Especial de Resgate e Assalto (Fera). Ele confessou ter esfaqueado o investigador e chefe da polícia no município de Novo Aripuanã, Jadson Jesus Menezes, na última sexta-feira (18).

Em depoimento Reinilton disse que o delegado o havia chamado para assinar um documento, referente a um flagrante de tráfico de drogas, mas este se recusou em assinar e horas depois voltou a delegacia, sob efeito de bebida alcoólica e cometeu o crime.

De acordo com o diretor do FERA, delegado Fábio Martins, o “Baiano” é proprietário de um restaurante no município de Novo Aripuanã, e foi supostamente contratado pelos “chefões” do tráfico de drogas para matar o investigador.

“O suspeito invadiu a delegacia visivelmente embriagado foi até a sala onde estava o delegado e desferiu os golpes”, contou.

Jadson foi encaminhado em Estado grave para a Unidade Mista Hospitalar do município. No último sábado o delegado foi transferido para uma unidade hospitalar na capital, a polícia não onde informou onde, para assegurar a integridade física do policial. O estado de saúde dele é grave.

Ainda segundo o diretor do FERA, as informações preliminares da investigação dão conta de que Reinilton possui ligações com Edimar do Nascimento Pereira, o “Dimas”, preso na última quinta-feira sob suspeita de tráfico de drogas.

Dimas foi identificado pela policia como um dos chefões do tráfico em Novo Aripuanã. Há um mês o irmão de Dimas, conhecido apenas como “Cearazinho” foi preso no Porto de Manaus com quatro quilos de maconha prensada.

 

 


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.