Publicidade
Cotidiano
Notícias

Homens usam metralhadoras e explosivos para roubar ouro de balsas de mineração em Jutaí

De acordo com a Polícia Civil, ainda não se sabe ao certo a quantidade de ouro que foi roubado; A suspeita é de que o grupo seja de fora do Estado 27/11/2015 às 17:57
Show 1
Jutaí fica a 749 km de Manaus
Kelly Melo ---

Oito homens fortemente armados com explosivos, metralhadoras e escopetas assaltaram 11 dragas (balsas de mineração)  que faziam a extração de ouro, no rio Boia, afluente do rio Jutaí, na madrugada nesta sexta-feira, no município de Jutaí (a 749 quilômetros de Manaus). A suspeita é de que o grupo seja de fora do Estado.

O vice-prefeito do município, Paulo Coelho da Fonseca, que também trabalha com mineração, informou que os assaltantes chegaram em uma lancha e invadiram a primeira draga no início da madrugada. “Eles torturaram os funcionários, pediram o ouro e depois que conseguiram, foram para a próxima draga. No caminho, eles ainda levaram os botes e atiraram neles para que afundassem e os funcionários não tivessem como sair e avisar os outros trabalhadores”, explicou. Além de uma grande quantidade de ouro, os assaltantes também levaram celulares e rádio comunicadores das embarcações.

O delegado do município, Denilson Arruda, informou que tomou conhecimento do caso ainda pela madrugada e disse estar esperando reforço de Manaus para realizar uma operação no local do crime. “Ainda não temos muitas informações, mas sabemos que o grupo estava fortemente armado e precisamos de reforço para ir ao rio”, disse ele.

Segundo Arruda, a suspeita é de que os assaltantes sejam oriundos de outros estados e podem estar escondidos em comunidades na região. O delegado também disse que acredita que o roubo foi planejado pelo mesmo grupo que vinha sendo investigado desde o início da semana. “Nós recebemos informações no começo da semana sobre alguns suspeitos e chegamos até a fazer buscas em uma pensão, onde eles estariam hospedados, mas não encontramos nada. Acreditamos que eles se afugentaram para o para o rio e arquitetaram esse assalto”, afirmou.

De acordo com a Polícia Civil, não se sabe ao certo a quantidade de ouro que foi roubado e eles aguardam a chegada das vítimas à delegacia para obter outras informações sobre o caso. O rio Boia fica distante 9h da sede do município.

Publicidade
Publicidade