Quinta-feira, 18 de Julho de 2019
SEM CORAÇÃO!

Hospital do Sangue do Amazonas agoniza com falta de recursos para conclusão

Com apenas 30% das obras concluídas, trabalhos estão paralisados há cerca de um ano, diz direção do Hemoam



hospital.JPG O Hospital do Sangue, que está sendo construído no bairro Dom Pedro, Zona Centro-Oeste, tem 30% das obras concluídas /Aguilar Abecassis/12/08/2016
19/09/2017 às 20:43

Com apenas 30% da obra concluída e há mais de 1 ano paralisada devido à ausência de recursos, o Hospital do Sangue, localizado na avenida Pedro Teixeira, Dom Pedro, Zona Centro-Oeste, depende de uma “contrapartida” do Governo do Estado - por meio de repasse de verbas - para ser concluído. É que os recursos destinados à obra pelo governo federal só podem ser liberados após o repasse estadual.

De acordo com o diretor-presidente da Fundação de Hematologia do Amazonas (Hemoam), Nelson Fraiji,  que administrará a unidade, a obra está na iminência de uma nova licitação, após um distrato entre a antiga construtora, provocado, entre outros fatores, pela ausência de pagamentos.

No entanto, a nova licitação só poderá ser feita mediante o pagamento da contrapartida do Governo do Estado, no valor aproximado de R$ 13 mihões. “Já temos disponível R$ 37,6 milhões por parte do governo federal (provenientes do Fundo Nacional da Saúde), mas esse dinheiro só pode ser desembolsado se o Estado der a sua contrapartida, o que não sabemos quando deve ocorrer.

Se o governador quiser, ele conclui essa obra em 1 ano e meio. O prazo para reiniciar as obras é da vontade dele”, disse Nelson Fraiji.

Os equipamentos para a nova unidade estão sendo adquiridos com recursos do governo federal, segundo Fraiji.

Enquanto não há uma definição quanto à contrapartida do Governo do Estado, o Hemoam segue realizando campanhas em busca de recursos tanto para agilizar a construção da obra do Hospital do Sangue quanto para os atendimentos na fundação.

A instituição está em busca de parcerias com outras entidades para promover ações e eventos sociais para conseguir tais arrecadações. Uma dessas parcerias foi fechada com o grupo DB Supermercados, onde, numa iniciativa presente na loja da avenida Umberto Calderaro Filho, em fase de testes, os caixas solicitam o troco dos compradores em benefício do Hemoam. “Essas parceria têm a observação da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz). Tudo registrado na máquina registradora, com nota fiscal e conhecimento da Sefaz . É a forma das pessoas ajudarem o Hemoam em prol das crianças com leucemia. Estamos ‘correndo atrás’ de outros parceiros”, disse Fraiji. Até o final do mês a parceria deve chegar a todas as lojas do DB, informou o grupo por meio de sua direção. 

Outra campanha é a “Setembro Dourado”, que visa buscar colaborações para o tratamento do câncer infanto-juvenil no Hospital do Sangue. Quem quiser apoiar, pode depositar a colaboração em nome da Fundação de Apoio ao Hemoam Sangue Nativo, no Banco Bradesco, conta-corrente 125921-0, agência 3726, CNPJ 02.827.461/0001-68.

Show beneficente

Dentro das ações de apoio ao Hemoam, no próximo dia 6 de outubro, vários artistas de renome local vão se apresentar, a partir das 20h, no Teatro Amazonas, no show beneficente “Concerto Amazônico”. Mais informações podem ser obtidas no 3232-1768 e 3655-0244.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.