Quarta-feira, 24 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
publicidade
publicidade

Notícias

IBGE aponta que 35% dos municípios do AM baseiam o PIB nas contas públicas

Segundo o órgão, essa avaliação demonstra o grau de dependência que muitos municípios amazonenses têm das contas de governo


17/12/2013 às 16:13

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com a Secretaria Estadual de Planejamento (Seplan) e a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), apresentou nesta terça-feira (17), os resultados do Produto Interno Bruto (PIB) dos municípios para o ano de 2011. Entre os dez municípios amazonenses com melhor PIB em 2011, estão Manaus, Coari e Itacoatiara.

Na análise, observou-se que vinte e dois municípios do Amazonas (35%) tinham na atividade administração pública acima de 50% do seu PIB, como os municípios de Ipixuna e Atalaia do Norte, que registraram a porcentagem de 60% de suas riquezas baseadas nas contas públicas.

Segundo o órgão, essa avaliação demonstra o grau de dependência que muitos municípios amazonenses têm das contas de governo. Por outro lado, apenas Manaus, Coari e Itapiranga tinham mais de 30% de seu produto focado na indústria.

Agropecuária

publicidade

No estudo, também ficou comprovado que apenas 16% dos municípios do Amazonas possuíam mais de 40% de suas riquezas na agropecuária. Neste grupo, destaque para Silves e Rio Preto da Eva com 51% e 53%, respectivamente. Os municípios de São Gabriel da Cachoeira e Tabatinga registraram menos de 10% de suas riquezas na agropecuária.

PIB per capita

No PIB per capita (divisão do PIB pela população), o destaque em 2011 ficou para dez municípios que possuíam acima de R$8.500,00. Entre eles, Manaus e Coari ficaram com valores acima de R$25.000,00, média bem alta inclusive na comparação com alguns dos principais municípios brasileiros como Florianópolis e Belo Horizonte.

O PIB per capita de Manaus de R$27.845,71, colocou o município na sétima posição entre os municípios de capitais brasileiras. Sendo este ranking liderado por Vitória/ES com R$85.794,33. Mas, como a o PIB per capita é o resultado da divisão do Produto Interno Bruto pelo total da população; os 28 bilhões de Vitória foram divididos pelos seus 331.000 habitantes, causando assim um alto PIB per capita.


publicidade
publicidade
Mais de 400 panes por mês ocorrem em coletivos de Manaus, apontam dados da SMTU
Fast e Manaus fazem primeira partida da decisão do Campeonato Amazonense 2019
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.