Publicidade
Cotidiano
PESQUISA

Ibope: Bolsonaro se mantém na ponta com 32% e Haddad vai a 23% dos votos

Polarizando a disputa presidencial, Bolsonaro e Haddad tiveram oscilação positiva em relação à última pesquisa, com Ciro e Alckmin caindo um ponto percentual 03/10/2018 às 18:25 - Atualizado em 03/10/2018 às 19:17
Show pesquisa 49b55c8e a20a 4e0c 929a afa021e67e4f
acritica.com Manaus

O Ibope divulgou no início da noite desta quarta-feira o resultado de sua mais recente pesquisa eleitoral para a Presidência da República. Foram ouvidas 3.010 pessoas na segunda  e terça-feira.

Como aconteceu na última pesquisa do instituto, divulgada segunda-feira, Jair Bolsonaro (PSL) segue na liderança, com 32% dos votos. Em segundo lugar vem Fernando Haddad (PT), com 23%. Ciro Gomes (PDT) tem 10%, contra 7% de Geraldo Alckmin (PSDB) e 4% de Marina Silva (Rede). João Amoedo (Novo) e Henrique Meirelles (MDB) têm 2% das intenções de voto. Alvaro Dias (Podemos) e Cabo Daciolo (Patriota) têm 1% dos votos. Vera Lúcia (PSTU), Guilherme Boulos (PSOL), João Goulart Filho (PPL) e José Maria Eymael (DC) não pontuaram.

Entre os entrevistados, 11% afirmaram que votaram ou em branco ou nulo. E 6% ainda não sabem ou não responderam em quem irão votar. O nível de confiança da pesquisa é de 95%, com margem de erro de 2% para mais ou para menos.

Num eventual segundo turno, Haddad está com vantagem, mas tecnicamente empatado com Bolsonaro. E Ciro Gomes venceria o deputado caso consiga reverter o cenário até o dia 7 de outubro e chegar ao segundo turno. 

Variação

Tanto Bolsonaro quanto Haddad oscilaram positivamente em relação à última pesquisa do instituto. Bolsonaro subiu de 31% para 32%, enquanto Haddad saiu de 21% para 23%. Ciro caiu de 11% para 10%, e Alckmin também perdeu um ponto percentual, saindo de 8% para 7%. Marina se manteve com os mesmos 4% da pesquisa anterior.

Pelo cálculo de votos válidos, excetuam os votos brancos e nulos, Bolsonaro tem 38%, enquanto Haddad aparece com 28%. Ciro tem 12%, Alckmin, 8%, Marina, 4% e João Amoedo, 3%.

Publicidade
Publicidade