Publicidade
Cotidiano
Notícias

Impasse da BR-319 está perto do fim, afirma Vanessa Grazziotin

Em entrevista, a senadora Vanessa Grazziotin (PcdoB) afirmou que apesar dos obstáculos encontrados nos primeiros diálogos, até o final de março a manutenção de alguns pontos da estrada será liberada 01/03/2016 às 12:22
Show 1
Para a parlamentar, não há mais nada que impeça o início dos trabalhos
oswaldo neto Manaus (AM)

Embora o processo de licenciamento ambiental da BR-319 (estrada que liga Manaus a Porto Velho) tenha mostrado avanços, a bancada amazonense no Senado promete fortificar ações preventivas. Em entrevista, a senadora Vanessa Grazziotin (PcdoB) afirmou que apesar dos obstáculos encontrados nos primeiros diálogos, até o final de março a manutenção de alguns pontos da estrada será liberada.

Na semana passada, o governador José Melo (Pros) disse à imprensa que enviou um ofício à ministra de Meio Ambiente informando que o Estado concordava que o licenciamento fosse feito pelo Insituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama). Até então, Ibama e Instituto de Proteção Ambiental (Ipaam) estavam num impasse sobre qual seria o órgão licenciador.

O Ibama deve assumir o licenciamento da rodovia, no entanto, enquanto isso, parlamentares atuantes na causa afirmam que o acompanhamento do licenciamento será feito de perto. A senadora Vanessa Grazziotin, por exemplo, afirmou que irá propor ações preventivas a fim de expor a concepção da BR.

“Há um receio, e até concordo, de que a estrada sirva como um vetor de desmatamento. Estamos organizando um grande seminário para discutir tudo isso. Óbvio que queremos o desenvolvimento, mas um desenvolvimento com preservação ambiental”.

De acordo com a parlamentar, é necessário que o projeto de manutenção inicie imediatamente. “Espero que não apareça um novo elemento no meio do caminho porque o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) está complementando os estudos de impactos ambientais. Com as obras de manutenção liberadas, a estrada dará condições de trafegabilidade ao tempo que tramita o licenciamento definitivo para recuperação”, disse.

Ofício

Segundo o Ipaam, o governador enviou semana passada um ofício à presidente do Ibama, Marilene Santos, e à ministra de Meio Ambiente, Izabella Teixeira, informando sobre a importância do licenciamento ser realizado de fato, e não qual órgão teria a responsabilidade de fazê-lo.

Segundo o Ibama, o licenciamento e os processos ficarão na competência da Superintendência do instituto no Amazonas.

Os reparos na BR-319 foram embargados em outubro do ano passado e, desde novembro, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Dnit) aguardava decisão da Justiça sobre recurso impetrado contra o embargo.

Somente em dezembro o Governo do Estado, Ipaam e Ibama concordaram que a estrada deveria ser licenciada apenas por um órgão, e não de forma “fatiada” por cada área.

“De acordo com a lei (Resolução nº 237, Conama), o Ibama e o Ipaam não podem licenciar partes da BR-319. Ou o Ibama licencia tudo ou o Ipaam licencia tudo. A minha proposta enquanto governador é que o Ibama passe tudo para o Estado”, disse José Melo na ocasião.

Candidatura ainda está indefinida

Em entrevista ao jornal A CRÍTICA, a senadora Vanessa Grazziotin ainda confirmou o nome dela e outros três como possíveis representantes do PCdoB para disputar as eleições municipais deste ano. Além dela, podem sair candidatos pela sigla a deputada Alessandra Campelo, o presidente da sigla, Eron Bezerra e Ian Evanovich. Grazziotin também falou sobre o interesse do partido em criar uma aliança de oposição.

Segundo a senadora, o desejo da sigla apresentar apenas um candidato é algo que vem sendo discutido entre o partido. Isso porque, conforme ela explica, há um interesse de dialogar com outros grupos como o PT e PMDB a fim de criar uma plataforma unificada de pensamento.

“Esses partidos estiveram juntos nas eleições anteriores. Não necessariamente precisamos ter um candidato à prefeitura, mas vários candidatos. O que nos une é uma posição muito contrária à atual administração da prefeitura, que reclama que não tem dinheiro mas investe tudo o que tem em propaganda”, declarou a parlamentar.

Publicidade
Publicidade