Segunda-feira, 13 de Julho de 2020
ECONOMIA

Índice de Confiança do Empresário do Comércio sobe 24,1% em dezembro

Apesar do valor, indicador manteve-se estável em relação a novembro de 2016. Crescimento na comparação com dezembro de 2015 foi influenciado pela avaliação positiva em relação à economia



compras_no_comercio.jpg Índice de Confiança do Empresário do Comércio cresceu 24,1% em dezembro, na comparação com dezembro de 2015 (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
20/12/2016 às 15:36

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio cresceu 24,1% em dezembro deste ano, na comparação com dezembro de 2015, e atingiu 99,1 pontos em uma escala de zero a 200. Apesar disso, o indicador manteve-se estável em relação a novembro de 2016. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (20) pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC).

O crescimento na comparação com dezembro de 2015 foi influenciado principalmente pela avaliação mais positiva dos empresários do comércio em relação ao atual momento, que avançou 58,1%. Os empresários estão mais confiantes em relação à economia (153,8%), ao comércio (57,7%) e ao próprio negócio (28,7%).



Otimismo

Eles estão mais otimistas também em relação ao futuro (23,8%), com melhoras nas avaliações sobre a economia (42,8%), o comércio (21,2%) e ao próprio negócio (12,2%) nos próximos meses.

As intenções de investimentos também aumentaram (8,8%), já que eles esperam contratar mais funcionários (19,5%) e investir mais na empresa (7,2%). Apesar disso, houve uma queda de 1,5% na avaliação sobre se seus estoques estão adequados.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.