Sexta-feira, 05 de Junho de 2020
Notícias

Indígenas de 27 municípios do AM ocupam sede da Seduc para pedir melhorias na educação

Centenas de índios de 26 etnias apontam problemas na educação escolar indígena e esperam o secretário Rossieli Soares retornar de Brasília para se reunir



1.jpg Segundo um dos coordenadores do movimento, a pauta com o secretário é extensa. Ocupação, no entanto, é tranquila.
18/02/2016 às 13:20

Centenas de indígenas de 26 etnias e de 27 municípios do Amazonas ocuparam a sede da Secretaria de Estado de Educação (Seduc) desde o início da manhã desta quinta-feira (18), em Manaus.

Parte da 1ª Marcha pela Educação Escolar Indígena, a mobilização organizada pelo Fórum de Educação Escolar Indígena do Amazonas buscar melhorias para o setor no Estado. O grupo chegou ao local pouco antes das 10h e, segundo a Seduc, 11 deles foram atendidos pela secretária em exercício, Calina Hagge, pouco depois de chegarem.



No entanto, os indígenas resolveram esperar pelo responsável titular da pasta, Rossieli Soares, e ainda se encontram no local, em uma ocupação tranquila.

Eu falei pessoalmente com o Rossieli por volta do meio-dia. Ele está em Brasília, mas disse que virá falar conosco hoje. Ficaremos aqui até nos reuinirmos com ele, disse Gersem Daniwa, um dos coordenadores do movimento.

Gersem disse que a pauta que eles têm com o secretário é extensa, mas cujos principais pontos envolvem investimentos em infraestrutura. "Nós temos cerca de 600 escolas indígenas que não têm prédio [próprio]. Elas funcionam em salas improvisadas em outras escolas, em casas de caciques, e outros lugares. Isso tem que acabar", manifestou.

Ele também apontou o atraso na merenda escolar como uma problemática a ser enfrentada. "Tem vez que ela nem chega. Sabemos que o transporte no nosso Estado é difícil, queremos conversar sobre soluções", explicou Gersem.

A conversa, segundo o coordenador, também tem que ser levada a nível institucional, com os índios também demandando a estrututaração do Conselho de Educação Escolar Indígena do Amazonas (CEEI-AM).

Os conselheiros não foram nomeados e me parece que o próprio conselho não foi regulamentado ainda. Queremos estar envolvidos e dialogar com o Estado, concluiu.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.