Segunda-feira, 14 de Outubro de 2019
RECUPERAÇÃO

Indústria do AM se recupera e fecha agosto com maior crescimento do país

Alta de 7,8% no período vem após queda de -6,5% de julho. Atividades como fabricação de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis comandaram o bom desempenho



show_agora_setor_industrial_1_B2AAE786-A8ED-444E-80B7-4ACBB4D02E0F.JPG Foto: Arquivo/Ac
08/10/2019 às 16:53

A produção industrial do Amazonas fechou o mês de agosto com crescimento de 7,8% em relação ao mês de julho, quando havia tido queda de -6,5% na série com ajuste sazonal. O bom desempenho no mês alçou o Amazonas à primeira posição do ranking nacional de desempenho industrial para o período. Os números são resultado de levantamento feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), divulgados nesta terça-feira (8).

Quando comparado com o desempenho de agosto de 2018, o crescimento chega a 13,4%. Já na variação acumulada no ano de 2019, a indústria amazonense atinge, pela primeira vez, um valor positivo (1%), significando que o desempenho do ano está, até o momento, ligeiramente melhor do que o do ano passado.



Algumas atividades da indústria local tiveram bom resultado em agosto e contribuíram para o bom desempenho da indústria amazonense, entre eles a fabricação de coque, de produtos derivados do petróleo e de biocombustíveis (181%); Máquinas e equipamento (44,1%) (artefato de aço e tampas e cápsulas), além de outros equipamentos de transportes (10,2%) (motocicletas e suas peças).

Mesmo assim, nem todas as atividades mostraram desempenho positivo, tais como impressão e reprodução de gravações (-23,5%) (DVDs e discos); bebidas (-14,6%) (xaropes e refrigerantes), fabricação de máquinas e equipamentos e materiais elétricos (-11,4%)(conversores, alarmes, condutores e baterias).

No ranking nacional, o Amazonas é seguido por Pará, com crescimento de 6,8%, e São Paulo (2,6%). O pior desempenho ficou por conta do Rio Grande do Sul, com -3,4% de crescimento.

Na variação anual, o desempenho da indústria amazonense no acumulado do período de janeiro a de agosto 2019 (1,0%) colocou o estado do Amazonas na sexta posição em relação às outras unidades da federação. O pior desempenho ficou por conta do Espírito Santo com -12,8%.

News portal1 841523c7 f273 4620 9850 2a115840b1c3
Jornalismo com credibilidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.