Publicidade
Cotidiano
Notícias

Inicia a colocação da membrana na estrutura metálica da Arena

São, ao todo, 31 mil metros quadrados de vidro revestido de teflon. Com os últimos detalhes da Arena da Amazônia sendo realizados, a obra geral está perto de 87% concluída. 22/10/2013 às 15:08
Show 1
A membrana translúcida vai permitir a entrada de luz natural, promovendo de economia de energia elétrica
acritica.com Manaus (AM)

Na tarde da última segunda-feira (21), começou a ser instalada a membrana na estrutura metálica da cobertura e da fachada na Arena da Amazônia, palco de quatro jogos da Coma do Mundo da Fifa de 2014. Serão colocados 31 mil metros quadrados de material em 252 peças, com previsão que o serviço seja concluído até dezembro. As obras gerais do estádio multiuso estão 86,98% executadas.

O coordenador da Unidade Gestora do Projeto COPA (UGP COPA), Miguel Capobiango, explicou que a membrana é feita de fibra de vidro revestida de teflon (PTFE). Por medida de segurança, o material terá uma cor mais escura durante a instalação, mas como é fotossensível, irá clarear com a incidência dos raios solares, ficando translúcido.

A membrana translúcida vai permitir a entrada de luz natural, promovendo de economia de energia elétrica. “É uma etapa importante, em que começamos a cobrir efetivamente a Arena. Esse passa a ser um novo momento em que se tem a imagem de finalização da obra”, ressaltou Capobiango.

As principais frentes de trabalho continuam concentradas na montagem da estrutura metálica da cobertura e fachada. A parte da fachada deve receber a última peça e ser fechada na quarta-feira (23/10) e a cobertura será concluída até o fim de outubro. “Com o fechamento da estrutura metálica, vamos nos concentrar na área de acabamentos, que é a etapa que exige mais cuidado por parte dos operários”, afirmou o coordenador.

Os trabalhos avançam também na instalação dos vidros e as paredes internas dos camarotes, que já começaram a receber os forros. Os aparelhos de ar condicionado já estão sendo instaladas nos camarotes e os elevadores devem começar a ser colocados também esta semana. Mais de 14 mil assentos foram instalados nas arquibancadas superiores e inferiores.

As obras estão aceleradas nos acabamentos dos acessos principais de serviço, que ficam em frente ao Sambódromo, recebendo piso, revestimento pintura das paredes. Os serviços também prosseguem no acabamento das áreas de serviço das seleções, vestiários e parte de apoio aos jogadores.

*Com informações da assessoria de imprensa da UGP Copa

Publicidade
Publicidade