Publicidade
Cotidiano
Notícias

Inpa lança hoje projeto pioneiro de computação em nuvem

Capital do AM será a primeira do Norte a ter super capacidade de armazenamento 04/11/2013 às 08:01
Show 1
Estrutura de mega processamento de dados será baseada na sede do Inpa, que vai compartilhar sinal com outras instituições
ACRÍTICA.COM Manaus, AM

O Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTI) e a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) lançam, nesta segunda (4), o projeto piloto do Centro de Dados Compartilhados (CDC), que irá possibilitar armazenamento em nuvem para pesquisadores. O conceito (em inglês, cloud computing) refere-se à utilização de memórias de computadores e servidores compartilhados e interligados via Internet, seguindo o princípio da computação em grade.

Com recursos dos ministérios da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) e da Educação (MEC) e apoio da empresa chinesa Huawei, que doou parte dos equipamentos ao governo brasileiro, o CDC será um serviço de computação em nuvem para a comunidade de ensino e pesquisa brasileira, o que, segundo especialistas, confere mais segurança aos dados que circulam na internet. O evento contará com a presença do diretor de Serviços e Soluções da RNP, José Luiz Ribeiro Filho, e do diretor do Inpa, Adalberto Luis Val.

Para o Coordenador de Tecnologia da Informação (CTIN) do Inpa, Laurindo Campos, a estrutura irá atender também instituições parceiras da região norte. “Teremos uma infraestrutura de armazenamento com uma super capacidade de processamento de dados, que se propõe ao uso coletivo. Isso faz parte de uma estratégia nacional“ ressaltou.

A infraestrutura será instalada no campus 1 do Instituto, e contará com dois containers de sofisticados sistemas (hardware e software) de energização, refrigeração, rede, monitoramento e armazenamento de dados. Os equipamentos foram doados pela empresa chinesa Huawei, que lidera o mercado de soluções redes de telecomunicação de última geração.

Publicidade
Publicidade