Publicidade
Cotidiano
Ciência e Tecnologia

Inpa mostra diversidade dos frutos amazônicos e o mundo dos insetos

Os visitantes do Manauara Shopping puderam conhecer a diversidade de frutos, os benefícios nutricionais e fazer degustação. O mundo dos insetos recriou ambiente da beira dos igarapés no Amazonas Shopping 29/10/2016 às 11:03 - Atualizado em 29/10/2016 às 12:12
Show insetos foto luciete pedrosa
Foto: Luciete Pedrosa/Divulgação Inpa
acritica.com* Manaus (AM)

Uma variedade de cores e sabores ficou exposta no Manauara Shopping (zona Centro-Sul). Equipe do Laboratório de Nutrição do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa/MCTIC) realizou exposição da agrobiodiversidade da Amazônia (frutos e hortaliças) com sessões de degustação de frutos, como abricó, fruta-pão, bacuri, sorva, sapota, puruí, jaca e de sucos de cubiu, acerola e de ora-pro-nóbis com limão caiena. A atividade faz parte da 13º Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do Instituto, que este ano tem como tema “Ciência alimentando o Brasil”.

A 13ª Semana Nacional de Ciência e Tecnologia é o maior evento de divulgação científica do país e tem como objetivo aproximar a Ciência e Tecnologia da população. É coordenada nacionalmente pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). 

Durante dois dias (26 e 27), a equipe da pesquisadora Dionisia Nagahama, que coordena o Laboratório de Nutrição, repassou informações para os visitantes do shopping, que puderam conhecer a diversidade de frutos, os benefícios nutricionais e provar o gostinho de algumas deles. O evento aconteceu no Espaço da Cidadania Ambiental (Ecam), localizado no mezanino do piso Açaí do shopping. O espaço é coordenado pela Vara Especializada em Meio Ambiente e Questões Agrárias do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM) e gerenciado pelo Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam).  

A visitante do shopping, a dona de casa Camila Silva de Oliveira, foi uma das degustadoras e aprovou o suco de cubiu. “Achei interessante, não conhecia o cubiu. Conheci, gostei do suco e fiquei sabendo que esta fruta contém fibra e é boa para o intestino”, disse.

Crianças e adultos que estiveram no Manauara Shopping também puderam fazer “uma viagem pelo sistema solar”, com sessões gratuitas realizadas no planetário do Inpa. A atividade foi realizada em parceria com o projeto Sesc-Ciência do Serviço Social do Comércio (Sesc).   

Já no Amazonas Shopping (zona Centro-Sul), o Inpa levou o mundo dos insetos, uma exposição que recria o ambiente das beiras dos igarapés com réplicas e informações sobre o ciclo de vida e ecossistemas aquáticos. Numa maquete móvel, os principais grupos de insetos são representados por réplicas confeccionadas em pelúcia e E.V.A, em tamanho maior que o real, de forma que as crianças possam ter uma boa visão do formato. São piuns, barata d'água, besouro, além das odonatas, conhecidas como libélulas.   

De acordo com um dos monitores da exposição, Leo Rossi, bolsista de Apoio Técnico no Inpa, a importância desses insetos é diversa, principalmente, para o equilíbrio da cadeia alimentar. Ele explica que grande parte dos detritos depositados naturalmente nos igarapés, como as raízes, galhos e folhas, são decompostos por insetos decompositores. “Se esses insetos não decompõem essas matérias, elas se acumulam e formam entulhos nos igarapés”, diz. 

Durante a exposição, que aconteceu no mezanino da Livraria Leituras, quinta e sexta-feira (27 e 28), o público conheceu diversas literaturas infantis que tratam de maneira lúdica e divertida sobre a importância dos insetos, além de jogos de quebra-cabeça, jogos de cartas, e uma série de brincadeiras que estimulam o aprendizado, ou seja, enquanto a criança brinca, aprende como é formado um corpo de um inseto. As obras foram produzidas pela equipe da pesquisadora do Inpa, Neusa Hamada, que coordenada um grupo de pesquisa que estuda os insetos aquáticos. 

*Com informações da assessoria de imprensa

Publicidade
Publicidade