Quarta-feira, 17 de Julho de 2019
Notícias

Inquérito revela que avião da Malaysian Airlines foi abatido por míssil russo

O relatório oficial sobre a queda do avião na Ucrânia, em 17 de julho de 2014, que provocou a morte de 298 pessoas, deve ser apresentado nesta terça-feira



1.gif O Boeing 777 da Malaysia Airlines, que transportava 298 pessoas, foi abatido em 17 de julho de 2014 no Leste da Ucrânia
13/10/2015 às 08:00

Investigadores internacionais concluíram que o avião da Malaysian Airlines, que fazia o voo MH17, foi abatido por um míssil BUK, de fabricação russa, disparado do Leste da Ucrânia, informa hoje (13) um jornal holandês.

O relatório oficial sobre a queda do avião na Ucrânia, em 17 de julho de 2014, que provocou a morte de 298 pessoas, deve ser apresentado nesta terça-feira.

Citando fontes próximas da investigação, o jornal Volkskrant diz que as conclusões do inquérito liderado pela Holanda, que durou 15 meses, mostram que o avião foi atingido por um míssil BUK terra-ar.

O Boeing 777 da Malaysia Airlines, que transportava 298 pessoas, foi abatido em 17 de julho de 2014 no Leste da Ucrânia,em área de combates entre separatistas pró-russos e forças governamentais, quando fazia a ligação entre Amesterdã e Kuala Lumpur.


Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.