Terça-feira, 18 de Junho de 2019
Notícias

Inscrições para o Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal terminam em fevereiro

O processo de seleção ao nível de Mestrado disponibiliza 15 vagas, que são destinadas a graduados ou finalistas de curso superior em zootecnia, agronomia, medicina veterinária e engenharia de pesca



1.jpg Frank Cruz, estima que o mestrado em Ciência Animal vai impactar positivamente a produção de bubalinos. bovinos, peixes e aves
14/01/2016 às 20:49

Seguem até o dia 2 de fevereiro as inscrições para o Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal (PPGCAN) da Faculdade de Ciências Agrárias (FCA) da Universidade Federal do Amazonas (Ufam). O processo de seleção ao nível de Mestrado disponibiliza 15 vagas, que são destinadas a graduados ou finalistas de curso superior em zootecnia, agronomia, medicina veterinária e engenharia de pesca.

Os candidatos devem encaminhar as inscrições para a coordenação do PPGCAN, por meio do e-mail: ppgcan.ufam@gmail.com. É obrigatório anexar ao e-mail o formulário de inscrição devidamente preenchido e assinado, a guia de recolhimento único de inscrição (GRU) preenchida e o comprovante de pagamento da taxa de inscrição, cujo valor é R$ 50. O edital está disponível no site www.propesp.ufam.edu.br.

De acordo com o coordenador do PPGCAN, Frank George Guimarães Cruz, o curso, com duração de dois anos, foi aprovado no dia 16 de dezembro de 2015, pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). E visa à formação de massa crítica de recursos humanos, qualificada, habilitada e com capacidade de desenvolver projetos que objetivem solucionar problemas na área de produção agropecuária no Amazonas.

O professor, que também é coordenador do setor de Avicultura da FCA da Ufam, ressaltou a importância do programa tanto para os estudantes do Estado quanto para a própria região. Conforme ele, o curso contribuirá para incrementar a formação técnica-científica na área de produção animal e permitirá o desenvolvimento de ferramentas tecnológicas produtivas específicas para o Amazonas, que tem características ambientais tão particulares.

“Alunos da Ufam e de outras instituições com cursos vinculados à zootecnia tinham necessidade de ir para fora do Estado para fazer mestrado na área. Agora, com o PPGCAN, cuja área de concentração será em produção animal e nas linhas de pesquisa ‘Biotecnologia Aplicada à Zootecnia’ e ‘Nutrição e Produção de Monogástricos e Ruminantes’, eles terão a oportunidade de estudar em Manaus. Só quem tinha mestrado e doutorado nessa área, na região, era a Universidade Federal do Pará”, concluiu.

Eliminatória

O exame da seleção compreenderá as etapas de provas de Conhecimentos Gerais, de Títulos e de Proficiência em Língua Estrangeira.

Aprovação

A classificação final (já considerando recursos) será divulgada no dia 15 de março, no endereço eletrônico.

Blog

Frank George Guimarães Cruz  coordenador do PPGCAN

Nós fizemos duas tentativas anteriores para a aprovação desse Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal, mas não tivemos o aval da Capes. No ano passado, formamos um grupo com professores qualificados e experientes em produção animal e, em maio de 2015, submetemos o projeto novamente à Capes. Ficamos na expectativa, mas tínhamos certeza que havíamos feito um grande trabalho para não dar oportunidade de a Capes negar, por algum motivo, como produção científica baixa, corpo docente sem experiência, entre outros. No dia 16 de dezembro do ano passado saiu o resultado e o nosso programa foi aprovado. A partir daí começamos a elaborar o edital, que foi publicado no último dia 12”.

Impactos positivos na produção

Para o coordenador do PPGCAN, Frank George Guimarães Cruz, a partir do momento que o Estado tiver os profissionais formados e qualificados por meio do novo curso de mestrado da faculdade de Ciências Agrárias da Ufam, a região dará um salto de qualidade nas áreas de ensino, pesquisa e extensão com vistas ao desenvolvimento tecnológico da produção agropecuária.

Ele ressaltou que não vê outra forma de desenvolvimento regional que não através da qualificação de pessoas, e o Programa de Pós-Graduação em Ciência Animal possibilitará aprendizado inestimável a zootecnistas, agrônomos, veterinários e engenheiros de pesca em relação a produção de peixes, aves, suínos, bovinos e bubalinos na região.

“Sem dúvida nenhuma o nosso interior será um grande beneficiado com o PPGCAN porque os profissionais que serão mestres em ciência animal irão ter a oportunidade de ir ou voltar aos municípios amazonenses como agente multiplicador de conhecimento. Esse programa vai trazer um impacto social fantástico”, apontou.

Receba Novidades


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.