Quinta-feira, 25 de Abril de 2019
publicidade
1.jpg
Ronarion Moreira Negreiros, 31, Winchester Uchoa Cardoso, o “Chester”, 35, e Fábio Diego de Mattos Oliveira o “Piu Piu”, 28 foram presos no RJ
publicidade
publicidade

Notícias

Integrantes da FDN são presos em apartamento de luxo no RJ

De acordo com informações da polícia o trio foi preso por policiais da  Coordenadoria de Informações e Inteligência Policiais (Cinpol) na Zona Sul do Rio em um condomínio de luxo


08/04/2015 às 18:31

A polícia carioca prendeu em flagrante na tarde de terça-feira (7), os integrantes da facção criminosa Família do Norte (FDN) Ronarion Moreira Negreiros, 31,  Winchester Uchoa Cardoso, o “Chester”, 35,  e Fábio Diego de Mattos Oliveira o “Piu Piu”, 28.  Os mesmos estavam hospedados em um apartamento alugado no bairro de Copacabana, centro do Rio de Janeiro. Com eles a polícia aprendeu 1 quilo de maconha do tipo skunk.

A prisão dos criminosos foi confirmada na manhã desta quarta-feira (8), pelo secretário de segurança pública Sérgio Fontes. Segundo ele Ronarion e Piu Piu tinham mandados de prisões em aberto e estavam sendo procurados por policiais da Secretaria Executiva Adjunta de Operações (Seaop), e da Secretária Executiva Adjunta de Inteligência (Seai.

De acordo com informações da polícia o trio foi preso por policiais da Coordenadoria de Informações e Inteligência Policiais (Cinpol) em Ipanema, na Zona Sul do Rio em um condomínio de luxo. Segundo informações da polícia, os mesmo teriam ido ao Rio negociar drogas com uma facção criminosa que age em comunidades cariocas.

publicidade

A polícia tem informação que os traficantes estavam levando cocaína para trocar com a maconha do tipo skunk.  Segundo investigações feitas pela polícia amazonense, a FDN, facção criminosas da qual os criminosas fazem parte é responsável por 95% do abastecimento de droga dentro e fora dos presídios no Amazonas e mantém ligações com traficantes do Rio de Janeiro que conheceram quando ficaram presos em presídios federais.

As investigações apontam ainda que o dinheiro obtido pela quadrilha é usado para aquisição de armas vindas da Colômbia e Peru, além de carros e imóveis de luxo dentro e fora do Amazonas. No mês passado o Departamento de Narcóticos (Denarc) apreendeu aproximadamente de 200 quilos de droga – cocaína e skank, avaliada em mais de R$ 2 milhões -, cinco armas de grosso calibre e munições que estavam escondidos em duas mansões no condomínio Residencial Ponta Negra 1, na avenida Coronel Teixeira, bairro Ponta Negra, Zona Oeste.

 Duas pessoas, Adriano Jorge Cavalcante da Silva, 24 e Williamis Rodrigues Maia, 27, o “Lourinho”, foram presos e autuados em flagrante pelos crimes de tráfico de droga, associação para o tráfico, além de porte ilegal de armas. De acordo com as investigações Lourinho é conhecido da polícia como o “braço rico” da FDN. Ele é dono de três imóveis no mesmo condomínio e de ter mais imóveis em outros bairros da cidade.

 Os três presos respondem a processos criminais na Justiça do Estado do Amazonas pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, homicídio e porte de arma. Contra eles foram cumpridos mandados de prisão pendentes por tráfico de drogas, associação e porte de arma.

publicidade
publicidade
Servidor do Ipaam é preso pela Polícia Federal com R$ 205 mil em espécie
Membro da FDN é preso em condomínio de luxo na Torquato Tapajós
publicidade
publicidade
publicidade
publicidade

publicidade
publicidade

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.