Publicidade
Cotidiano
Notícias

Integrantes da maior facção de tráfico de drogas do Cacau Pirêra são presos durante operação

Foram apreendidos, durante a operação, 24 pinos de cocaína, maconha, pedra de oxi e cocaína pura, totalizando meio quilo de drogas. E também oito celulares e uma balança de precisão 19/06/2015 às 16:32
Show 1
Os suspeitos foram apresentados na 31° Delegacia Interativa de Polícia (DIP) de Iranduba.
Kamyla Gomes ---

Seis pessoas foram presas na manhã desta sexta-feira (19) apontadas com integrantes da maior facção de tráfico de drogas do distrito Cacau Pirêra, em Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus). A quadrilha, segundo a polícia, é comandada por um homem identificado como Márcio Carvalho, conhecido como ‘Macaco’. 'Macaco', porém, segue foragido.

De acordo com o delegado titular da 31° Delegacia Interativa de Polícia (DIP), Paulo Mavignier, todos os presos já eram investigados desde a ‘Operação Vassoura de Bruxa’ iniciada em março deste ano.

“Na operação realizada hoje (19), de 6h às 10h, cumprimos mandados de prisão preventiva, prisão em flagrante e o crime de favorecimento pessoal, que é praticado a partir do momento que outra pessoa protege o criminoso, ou seja, que dá apoio para se esconder”, destacou.

Foram presos em cumprimento de mandados: Josilene Batista Rabelo, de 29 anos, conhecida como ‘Lene’, Nazareno Henrique de Carvalho, de 34 anos, conhecido como ‘Baixinho’.

Em flagrante, pelo crime de tráfico de drogas, Josimar da Silva Nascimento, de 21 anos e Paulo Jorge Miguel Nascimento de Souza, de 29 anos, conhecido como ‘Jorjão’, também foram presos.

Pelo crime de favorecimento pessoal, foram presos: Geronize Mendonça Muniz, de 38 anos, e Francisco Fábio Batista, de 30 anos.

“As prisões foram realizadas em locais distintos. Prendemos alguns no bairro Multirão, outros no Alto de Nazaré, em seguida Nova Veneza e no próprio Cacau Pirêra, que abrange todos esses distritos. Nossa operação irá continuar para localizar o ‘Macaco’ e outros”, concluiu.


Foram apreendidos, durante a operação, 24 pinos de cocaína, maconha, pedra de oxi e cocaína pura, totalizando 500 gramas de drogas. E também R$ 54 em espécie, oito celulares e uma balança de precisão.

Publicidade
Publicidade