Quinta-feira, 02 de Abril de 2020
MUDANÇA

Interrogatórios de réus da Operação Maus Caminhos são adiados pela Justiça

As novas datas para a realização das audiências ainda serão definidas e divulgadas pela Justiça Federal



PRISCILA.JPG Foto: Reprodução/Internet
30/08/2017 às 18:23

As audiências para os interrogatórios dos réus do processo 41-9.2017.4.01.3200, referente à Operação Maus Caminhos, agendadas para os dias 30 de agosto e 1º de setembro, na Justiça Federal, foram adiadas. A operação investiga uma organização criminosa que desviou R$ 110 milhões da Saúde do Amazonas.

O adiamento foi definido pela Justiça Federal, em razão de correição em andamento na Seção Judiciária do Amazonas. A juíza responsável pelo processo, Ana Paula Serizawa Silva Podedworny, é também diretora do Foro da Seção Judiciária do Amazonas e participará das atividades da correição.



No dia 31 de agosto, seriam ouvidos os réus Alessandro Viriato Pacheco e Jennifer Naiyara Yochabel Rufino Corrêa da Silva. A audiência do dia 1º de setembro seria destinada ao interrogatório dos réus Mouhamad Moustafa e Priscila Marcolino Coutinho, que hoje foram colocados em liberdade após o pagamento da fiança que teve o valor reduzido.  

As novas datas para a realização das audiências ainda serão definidas pela Justiça Federal. Na tarde de hoje (30), foi ouvido, como testemunha de defesa da ré Priscila Coutinho, o deputado estadual Belarmino Lins. Com o depoimento, encerrou-se a oitiva de testemunhas e o processo segue para a última fase antes da sentença, o interrogatório dos réus.


Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.