Sábado, 24 de Agosto de 2019
Notícias

Inverno aumenta casos de problemas respiratórios no AM

A intensificação das chuvas e a imunização ‘atrasada’ da população contribuem para aumentar em 40% a procura por atendimento médico



1.jpg A aposentada Francisca do Valle e o marido, Antônio Pedro, procuraram duas unidades de saúde em busca de atendimento
18/02/2013 às 08:30

Nos últimos dois meses aumentou em 40% o número de atendimentos para problemas no sistema respiratórios como asmas, bronquites, gripes e mesmo a dengue nas unidades de atendimento da prefeitura, por conta do inverno que o Amazonas enfrenta, e que deve perdurar até o fim de junho.

A informação é do secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, que estima em mais de 300 os atendimentos diários nas unidades de saúde do município, por problemas relacionados ao aparelho respiratório. “Nossa grande demanda é por atendimento para crianças e idosos, que, nesSe período, são os mais inclinados a ficarem doentes”, disse.

Além da intensificação das chuvas, a imunização “atrasada” da população contribui para o aumento nos casos de problemas respiratórios, como explicou o secretário. Ele disse que a demanda de todos os Estados do Norte junto ao governo Federal é criar uma campanha de imunização antes da campanha nacional, realizada em abril de cada ano. “Nós, aqui no Amazonas, estamos brigando com o Ministério da Saúde para que possamos iniciar a nossa vacinação no mês de outubro, que aqui é o período ideal para imunizar contra os as doenças do inverno. Com as vacinas em abril, quem tinha que adoecer de problemas respiratórios já adoeceu. Ou seja, já foi atacado pela doença. Mas o Ministério não quer dividir as campanhas”, explicou.

Atendimento

Reclamando de fortes dores abdominais e dificuldade para respirar, a aposentada Francisca Do Valle, 69, em companhia do marido, Antônio Pedro, 69, procurou atendimento na manhã de sábado na UBS Leonor de Freitas, na Compensa 2. “Nós já fomos no Caimi da Compensa, mas infelizmente não tivemos atendimento. Aqui o médico mandou aplicar uma injeção e agora eu estou esperando para falar com ele de novo. Mas já me sinto melhor”, comentou dona Francisca.

A enfermeira responsável pelo SPA Joventina Dias, Vera Lúcia, disse que os atendimentos diários passam de 200 e os casos mais frequentes são a gripe e a dengue. “A gente faz uma triagem para saber qual o problema. Não podemos confundir a dengue com uma virose ou gripe. Quem estiver com dengue não poderá receber medicamentos que tenham ácido acetil salicílico. O exame do laço é feito no laboratório daqui”, garantiu.

Na sala de espera do SPA Joventina Dias, encontramos a dona de casa Fabiana Arcanjo, 27, com o filho Leandro da Silva, 10, com suspeita de dengue, que “desmentiu” a enfermeira. “Estamos esperando a liberação do médico pra ir a outro SPA ou ao pronto socorro, porque aqui não tem laboratório para saber se é dengue. O médico mesmo disse”, reclamou a mãe.

Atendimento ampliado

Para aliviar a demanda de atendimentos diários na rede municipal de Saúde em decorrência das enfermidades típicas do inverno amazônico, o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, disse que a prefeitura estendeu o horário de atendimento de oitos unidades de saúde até as 21h.

Nelas, a população terá consultas com especialistas em clínica médica, pediatria, ginecologia, ondontolgia, atendimentos para hipertensão e diabetes, diagnóstico de malária, atendimento de suspeita de dengue, tuberculose, imunização, prevenção ao câncer de colo do útero e de mama além de pré-natal às grávidas.

Nos casos de urgência, a prefeitura orienta que sejam procurados os  Serviços de Pronto Atendimento (SPA) do Governo do Estado, ou pronto socorro mais próximo.

As unidades da prefeitura que atendem nas quatro zonas de Manaus são: UBS Dr. José Rayol dos Santos, na avenida Constantino Nery, Chapada, UBS Morro da Liberdade, na rua São Benedito, Morro da Liberdade; USA Sálvio Belota, na rua das Samambaias, nº 786, Santa Etelvina, UBS Áugias Gadelha, na rua A, nº 15, Cidade Nova 1, USA Alfredo Campos, na rua André Araújo, Zumbi 2, UBS Leonor Brilhante, na avenida Autaz Mirim, Tancredo Neves, UBS Leonor de Freitas, na avenida Brasil, Compensa 2 e UBS Deodato de Miranda Leão, na avenida Presidente Dutra, s/nº, Glória.

Receba Novidades

* campo obrigatório

Mais de Acritica.com

Sobre Portal A Crítica

No Portal A Crítica, você encontra as últimas notícias do Amazonas, colunistas exclusivos, esportes, entretenimento, interior, economia, política, cultura e mais.