Publicidade
Cotidiano
TURISMO

Investir em seguro para viagens pode evitar 'surpresas' nas férias

Para que você tenha uma viagem tranquila, alguns cuidados devem ser levados em conta após decidir o destino, como por exemplo, contratar um seguro viagem que possibilita diversos tipos de coberturas 02/07/2017 às 10:00
Show 1243688
O seguro viagem pode ajudar em muitos transtornos como o extravio de bagagens, perca de voo, doenças ou acidentes. (Reprodução/Internet)
Larissa Cavalcante Manaus (AM)

Para que você tenha uma viagem tranquila, alguns cuidados devem ser levados em conta após decidir o destino, como por exemplo, contratar um seguro viagem que possibilita diversos tipos de coberturas. O seguro custará bem menos do que o valor de apenas uma consulta médica em muitos países. Também é importante saber a abrangência do seu plano de saúde, quais os procedimentos e lugares para atendimentos da seguradora em destinos nacionais.

O seguro viagem é uma ferramenta de segurança, que dá proteção ao segurado do início ao fim da viagem. O seguro possibilita que o viajante fique tranquilo e tenha assistência caso fique doente. “Funciona praticamente como um plano de saúde. O seguro não é um valor tabelado, é similar a uma cotação de passagens e é calculado de acordo com a data da viagem. Para estabelecer o valor é feito uma estimativa dentro da data informada, o valor é sempre em dólar e convertido no câmbio da seguradora”, explica a agente de turismo da empresa Alto Estação Renata Souza.

O seguro de viagem é um tipo de assistência médica que dependendo do contrato firmado com a seguradora também pode incluir o ressarcimento em caso de extravio de bagagens e atraso de voo. É preciso cuidado redobrado com o voucher do seguro, é a sua garantia, que descreve os valores de cada tipo de assistência e os números para contatar caso seja necessário.

A empresa SegurosPromo oferece planos de seguro viagem e promete o melhor preço do mercado. No site, é possível preencher um questionário, informando o destino e as datas de partida e chegada, e descobrir o valor da cotação do seguro.

Atento ao plano de saúde

Quando se está viajando, ninguém gosta de surpresas desagradáveis. Então, na hora de contratar um plano de saúde pergunte sobre a abrangência da cobertura. Se o plano for de abrangência regional, o atendimento estará limitado à área geográfica prevista no contrato. Caso seja de cobertura nacional, o atendimento estará assegurado em qualquer localidade do País.

A informação referente a abrangência do plano deve constar no cartão do titular da operadora de saúde. A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) informa que é possível mudar de um plano de abrangência municipal, para um de atendimento em vários municípios, em um ou vários estados, ou nacional.

Nada pode estragar a viagem dos sonhos

A servidora pública Keyseane Silva aproveitou o período de férias para conhecer três cidades do continente Europeu e após comprar as passagens já priorizou e adquiriu o seguro viagem. “O bom do seguro é que ele não cobre só despesas médicas, como também extravios e outras situações. É fundamental para a segurança, é bem melhor prevenir e ter a certeza que posso contar uma assistência. O meu seguro ficou entre R$ 130 a R$ 150 para 14 dias e cobre situações eventuais no país em que estou conhecendo e também no translado”, conta. Mesmo com a exigência por parte dos países Europeus, ela indica aos viajantes fechar um contrato visando a sua própria segurança. “Antes de firmar o compromisso, é importante conhecer o histórico da seguradora para saber se eles cumprem todos os critérios internacionais”, destaca.

Publicidade
Publicidade