Publicidade
Cotidiano
Mudanças climáticas

Ipaam e Sema representam o AM em evento sobre clima, no México

O evento tem a finalidade de reunir os governos para fortalecer a luta contra as mudanças climáticas, através de um consenso hemisférico sobre a agenda climática global 30/08/2016 às 05:00
Show 446250
Os estados e províncias participantes irão se comprometer em reduzir a degradação florestal em 80% até 2020, em suas jurisdições (Foto: Euzivaldo Queiroz)
acritica.com

Uma missão composta pela diretora-presidente do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Ana Aleixo, e pelos secretários titular e executivo da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema), respectivamente Antônio Stroski e Luís Henrique Piva, participa entre os dias 29 de agosto até 1º de setembro da Reunião Anual da Força Tarefa dos Governadores sobre o Clima e Florestas (GCF), em Guadalajara, no México, onde também ocorrerá a 2ª Cúpula de Mudanças Climáticas das Américas.

A GCF é uma colaboração subnacional ímpar entre 29 estados e províncias do Brasil, Indonésia, Costa do Marfim, México, Nigéria, Peru, Espanha e Estados Unidos. O evento tem a finalidade de reunir os governos para fortalecer a luta contra as mudanças climáticas, através de um consenso hemisférico sobre a agenda climática global.

Lideranças indígenas, grupos ambientais e representantes de diversas indústrias se reúnem para estabelecer compromissos para reduzir as emissões de gases do efeito estufa (GEE) e identificarem oportunidades de investimento em economia global com baixa pegada de carbono.

“Como um estado com a maior cobertura preservada do Brasil e alvo das atenções mundiais quando se fala de preservação do meio ambiente, é muito importante a participação do Amazonas nestes debates internacionais, firmando o nosso compromisso com o equilíbrio do ecossistema do planeta”, disse a diretora-presidente do Ipaam, Ana Aleixo, que é advogada, especialista e mestre em Meio Ambiente e Sustentabilidade.

 Os estados e províncias participantes irão se comprometer em reduzir a degradação florestal em 80% até 2020, em suas jurisdições.

 Crédito de carbono

Na ocasião da Reunião da GCF, será entregue o certificado de redução de 400 mil toneladas de emissões de carbono (tCO2) à rede de hotéis Marriott International, juntamente com a Fundação Amazonas Sustentável (FAS), pela doação de US$ 2 milhões para investimento em alternativas que evitem o desmatamento na Amazônia.

*Com informações da assessoria de comunicação.

Publicidade
Publicidade