Publicidade
Cotidiano
Notícias

Iranduba: mais 13 pessoas são denunciadas pela Operação Cauxi

Cinco pessoas, entre elas o prefeito Xinaik Medeiros, foram presas semana passada por envolvimento no esquema de fraude em licitações na prefeitura que pode ter desviado até R$ 56 milhões 16/11/2015 às 15:47
Show 1
Promotores dão continuidade ao trabalho de investigação da Cauxi
acritica.com* Manaus (AM)

O Ministério  Público do Amazonas (MP-AM) ofereceu denuncia contra 13 pessoas que foram investigadas pela Operação Cauxi, deflagrada na semana passada em Iranduba. A informação foi repassada pelo procurador Mauro Veras, na manhã desta segunda-feira (16).

O procurador disse que a denúncia tem origem na peça inaugural do processo criminal e aponta o que seria o núcleo político do esquema de fraude em licitações no município. O núcleo, segundo ele, era formado pelo prefeito afastado, Xinaik Medeiros, e pelo secretário  de Infraestrutura, André Lima.

De acordo com o procurador, a soma dos crimes praticados por eles poderá gerar pena de no mínimo 29 anos e no máximo 55 anos para cada um. Até agora, cinco pessoas foram presas pela operação, entre elas Xinaik Medeiros.

Mais informações em instantes.

*Com informações da repórter Joana Queiroz

Publicidade
Publicidade